BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

31 de ago de 2010

EU...


Não sou diversão nem passatempo. Tenho cabeça, coração e me respeito. Sou pessoa de dentro para fora. Minha beleza está na minha essência e no meu caráter. Acredito em sonhos, não em utopia. Mas quando sonho, sonho alto. Estou aqui é para viver, cair, aprender, levantar e seguir em frente. Sou isso hoje... amanhã já me reinventei. Reivento-me sempre que a vida pede um pouco mais de mim. Sou complexa, sou mistura, sou mulher com cara de menina... e vice-versa. Me perco, me procuro e me acho. E quando necessário, enlouqueço e deixo rolar... Não me dôo pela metade, não sou tua meia amiga, nem teu quase amor ou sou tudo ou sou nada.Não suporto meio termos, sou boba, mas não sou burra, ingênua mas não santa, sou pessoa de riso fácil...e de choro também. Eu gosto do impossível, tenho medo do provável e dou risada do ridiculo. Tenho um sorriso confiante que as vezes não mostra o tanto de insegurança por trás dele. Amo de verdade aqueles pra quem eu digo isso, e me irrito de forma inesplicável com aqueles que não botam fé nas minhas palavras. Nem sempre coloco em prática aquilo que julgo certo, não exijo que me amem e nem que me aceitem, são poucas as pessoas pra quem eu me explico.

Desabafar mágoa e ser sincero consigo mesmo é sempre a melhor saída para viver bem


O relacionamento que vai mal, o chefe que faz a maior pressão no trabalho e aquele problema que você tenta resolver há meses te tiram o sono? Que tal desabafar?

Muita gente fica remoendo a mágoa e prefere reprimir a dor por medo de expor os sentimentos ou por não conseguir colocar para fora toda a angústia que está ali martelando sem parar e acaba não percebendo que estocar mágoas e sofrimentos faz mal para a saúde e para o coração.

"Nosso organismo não foi feito para guardar mágoas e sentimentos ruins. Tanto o corpo quanto a mente vão pesando na medida em que eles se acumulam e uma hora a panela de pressão transborda na tentativa de aliviar o sofrimento. É um processo natural", explica a psicóloga e coordenadora do Setor de Gerenciamento de Qualidade de Vida da Unifesp, Denise Diniz.

"O grande problema é que na hora da explosão, a pessoa se sente tão sufocada que sai atirando para todos os lados magoando as pessoas que estão ao seu redor sem perceber. É preciso tempo e paciência para aprender a lidar com os sentimentos sem ferir as pessoas e nem a si mesmo", continua.

Quem cala consente a dor

Os sentimentos ruins são frutos de expectativas frustradas. Colocamos no outro ou naquela oportunidade a responsabilidade de resolver nossos problemas como se eles não fossem consequências dos nossos próprios atos, daí a mágoa e o ressentimento.

Na medida em que não extravasamos este sentimento e vamos dando a ele uma conotação negativa maior do que de fato ele deveria ter, sufocamos nossos limites emocionais e daí aparecem os sintomas físicos. "Todos nós criamos expectativas sobre a vida e toleramos até certo limite algumas frustrações. Quando elas extrapolam este limite, que é pessoal, e nos fazem sofrer, significa que algo está em desequilíbrio e é preciso resolver", explica Denise.

"O problema é que a maioria das pessoas acha que resolver os ressentimentos é resolver com o outro aquilo que está pendente, o que deve ser feito mesmo, porém, antes disso, é preciso entender o que te de fato te fez mal e porque ganhou tamanha dimensão na sua vida para daí buscar o equilíbrio", afirma a especialista da Unifesp.

Por que não consigo expressar meus sentimentos?

Muita gente costuma guardar a mágoa e os sentimentos ruins por não conseguir extravasar, daí vem à tristeza e a angústia. Isso acontece porque temos temperamentos e limites diferentes fazendo com que alguns levem sem traumas as decepções do dia a dia, enquanto outros guardem e fiquem remoendo as dores.

"É algo muito pessoal a forma que cada um reage às adversidades. Se você é tímido, reage de um jeito; se é inseguro, age de outra maneira. O importante nesta questão é perceber que quem cria a conotação negativa que gera a mágoa e o ressentimento somos nós. A pessoa pode até ter errado com você, mas a intensidade disso na sua vida quem dá é você mesmo", explica a psicóloga.

Sentimento reprimido = saúde em perigo

Segundo a psicóloga da Unifesp, a dor emocional se torna física quando a intensidade que damos ao fato que nos magoa chega a interferir na atividade cerebral de modo a dificultar o envio de estímulos nervosos responsáveis pela execução de algumas funções de nosso organismo. "O cérebro deixa de comandar alguma função e o corpo reage sinalizando onde está o problema", explica.

"A gente se adapta as novas situações, isso é um processo natural, porém, quando algo nos machuca a ponto de extrapolar nossos limites, a dor emocional bloqueia alguma função física que já é propensa a ter problemas ou intensifica os sintomas de alguma doença já existente", explica Denise.

Para ela, os sintomas emocionais podem acometer três áreas interdependentes das nossas vidas de modo a influenciar umas as outras de acordo com a origem do problema emocional. "Quando a pessoa tem uma doença que tem origem emocional, dificilmente consegue desempenhar com total desenvoltura suas atividades sociais e começa a dar sinais físicos.

É um conjunto de fatores que se somam e vão se acumulando. Quando o corpo reage com sintomas de alguma doença é porque a pessoa extrapolou seu limite emocional e o organismo responde tentando eliminar a dor", explica.

Sintomas que podem estar relacionados à dor reprimida:

-Físicos: úlcera, hipertensão, alergias, asma, estresse, e a longo prazo, câncer.

-Psíquicos: irritabilidade, ansiedade, agressividade, nervosismo.

-Sociais: queda de desempenho no trabalho, tendência ao isolamento, apatia, conflitos domésticos, dentre outros.

Colocar em pratos limpos

É muito comum ouvirmos as pessoas dizendo que se temos um problema com alguém é melhor resolver e conversar para não guardar mágoa porque isso faz mal, porém, esta máxima nem sempre é a melhor opção para quem sofre com problema.

De acordo com Denise Diniz nem sempre as pessoas conseguem lidar com a dor que sentem. "Além disso, conversar com o outro que os magoou significa trair seus valores morais e isso as maltrata mais do que a mágoa ou a dor reprimida", explica ela. Nestes casos, é melhor trabalhar para que ela supere a dor e siga em frente.

Extravasar sim! Magoar não

Uma hora você estoura! Pois é, isso não é o problema, o grave é quando você o faz e desconta nos outros as dores que são suas, magoando as pessoas ao seu redor. Para evitar que isso aconteça e te ajudar a extravasar, a psicóloga dá algumas dicas:

1. Aceite que algo lhe incomoda sem medo de expor seus sentimentos, assim você não intensifica a dor remoendo mágoa dos outros.

2. Detecte o que de fato lhe fez mal para não sair atirando para todos os lados.

3. Não crie expectativas em relação ao outro para não se decepcionar depois. "Só você pode curar sua dor, não adianta achar que o outro vai te livrar do sofrimento", diz Denise.

4. Busque em você e na sua vida todos os recursos que podem te ajudar a superar esta dor: amigos, praticar esportes, terapia, entre outros. "Se pergunte quais destas possibilidades fariam mais efeito na hora de trabalhar a dor que está te maltratando e corra atrás dela. Nem sempre o que lhe indicam é o melhor para você e, às vezes, uma conversa franca é mais útil do que uma consulta", explica.

5-Trabalhe sua autoestima: "As pessoas te maltratam se você deixa que isso aconteça. É você quem escolhe as relações que quer estabelecer com as pessoas, por isso, em vez de culpar o outro pelo seu sofrimento, olhe para si mesmo e se ajude", afirma Denise.

6-Perdoe. A psicóloga lembra que perdoar não é esquecer o que te fez mal e sim superar e se libertar daquele sentimento ruim: "só nos curamos quando viramos a página e, para isso, é preciso disposição e paciência. Não dá para achar que superou só porque você quer se sentir assim, tem que ser sincero para ser verdadeiro".


Fonte: Minha Vida

Um rio...


Nossa existência lembra o riacho buscando o mar. Surgem pedras barreiras e obstáculos. Riacho inteligente, contorna, assimila passa por cima passa por baixo sempre encontrando um jeito de prosseguir porque o mar chama. O mar é seu endereço final. Riacho bobo fica rodeando a pedra, o desafio a barreira. O rio atinge suas metas, porque aprende a superar dificuldades. Continuar navegando é perseverar quando maioria desiste. É sulcar as águas, quando outros já ancoraram. Continuar navegando é embeber-se de infinitos, na coragem de quem enfrenta o impossível. É o mergulho fundo de quem atravessa a casca. Continuar navegando é construir templos, com as pedras que jogam em nossos telhados. É suar a camiseta, quando a maioria já saiu de campo. É recomeçar,cada dia,mesmo que seja sobre ruínas e cinzas.


Roque Schneider

Valorize o que você tem de melhor


O dono de um pequeno comércio, amigo do grande poeta Olavo Bilac, abordou-o na rua:

- Sr. Bilac, estou precisando vender o meu sítio, que o Senhor tão bem conhece.

Poderá redigir o anúncio para o jornal?

Olavo Bilac apanhou o papel e escreveu:

"Vende-se encantadora propriedade, onde cantam os Pássaros ao amanhecer no extenso arvoredo, cortada por cristalinas e marejantes Águas de um ribeiro. A casa banhada pelo sol nascente oferece a sombra Tranqüila das tardes, na varanda".

Meses depois, topa o poeta com o homem e pergunta-lhe se havia vendido o sítio.

- Nem pense mais nisso, disse o homem.

Quando li o anúncio é que percebi a maravilha que tinha!

Às vezes não descobrimos as coisas boas que temos conosco e vamos longe atrás da miragem de falsos tesouros.


Valorize o que tens, as pessoas, os momentos...

Persistência é tudo!


Muita gente acha que é difícil começar uma caminhada. Pessoalmente penso diferente.

Para mim, mas difícil que iniciar é continuar... De começos o mundo está cheio: os que começam um casamento, os que começam a abandonar um vício, os que iniciam o aprendizado de uma língua e por ai vai.

Ir em frente é mais complicado. Exige persistência e muita força de vontade.

Requer que nós olhemos para trás com sentimento de satisfação pela experiência adquirida e não com remorso ou sensação de arrependimento. Que nós tenhamos sonhos, mas que não vivamos de sonhos. Que choremos, mas não deixemos as lágrimas turvarem nossa visão.

Que escutemos os outros, mas que não desistamos de fazer o que julguemos certo, por causa deles.

Tudo isso de tão simples parece coisa de criança. E é mesmo! Antes de aprendermos a andar precisamos: cair muitas vezes, nos machucar, chorar, ser motivo de riso, e nem por isso tudo desistimos ou deixamos de levantar.

Nisso temos muito que aprender com as crianças. Elas "sabem" que antes de dar os primeiros passos, é preciso ficar de pé, e antes disso é preciso engatinhar.

Que precisamos das pessoas para servir de apoio, mas, que elas não são bengalas e nós não somos aleijados. Se todas as pessoas soubessem disso teríamos bem menos fracassados no mundo.

Gente que poderia atingir grandes coisas, mas que desiste no meio do caminho. Diante disso só temos a agradecer a predisposição para certos aprendizados na infância. Se fosse o contrário, muita gente hoje estaria numa cadeira de rodas.

Marcos Lima e Ronaldo Oliveira

Recomece sempre


Observe a natureza.
Tudo nela é recomeço.
No lugar da poda surgem os brotos novos.
Com a água, a planta viceja novamente (renasce).
Nada pára.
A própria terra se veste diferentemente todas as manhãs.
Isso acontece também conosco.
A ferida cicatriza.
A dores desaparecem.
A doença é vencida pela saúde.
A calma vem após o nervosismo.
O descanso restitui as forças.
Recomece.
Anime-se.
Se preciso, faça tudo novamente.
Assim, é a VIDA!

Autor desconhecido

Bela mensagem!



A verdadeira medida de um homem não é como ele se comporta em momentos de conforto e conveniência, mas como ele se mantém em tempos de controvérsia e desafio.

Martin Luther King Jr.

30 de ago de 2010

...

Liberdade de expressão é o direito de manifestar livremente opiniões,idéias e pensamentos.
É um conceito basilar nas democracias modernas
nas quais a censura não tem respaldo moral.

SENHORA PROFESSORA QUE ESTÁ A ME PERSEGUIR EM MINHAS PÁGINAS SOCIAIS: A LIBERDADE DE EXPRESSÃO EXISTE PRA MIM E PRA VOCÊ!



Minha senhora...deixe-me em paz! Faça seus desabafos em suas redes socias... mas em meu blog e meu orkut não há espaço pra política. Vi seus feitos PARABÉNS pela sua militância... mas por gentileza...deixe-me em paz... Eu gosto do meu trabalho...e a senhora está me obrigando a tomar uma postura que não quero ter que tomar...
Faça suas queixas e suas críticas a quem quiser lhe ouvir...
Não me interessa a sua opinão...eu dispenso!

TERAPIA URGENTE!



Tem gente que não tem outra coisa pra fazer na vida a não ser xeretar a vida dos outros e fazer graça...


Sou funcionária do Estado efetiva há 3 anos e confesso que depois que vim morar em Recife e sai do interior muita coisa melhorou pra mim... se eu aceito ir a um guia eleitoral fazer um comentário não é da conta de ninguém. Eu só acho engraçado é que esse povo que vive "lutando pela categoria"... são os mesmos que não estão nem ai se seus alunos aprendem ou não... eu trabalho em um Escola de Referência... sou reconhecida (já fui convidada pela revista Época pra fazer parte de uma matéria sobre os Bons professores ( março de 2010). Eu sei que as coisas poderiam estar melhores mas não vou entrar nas páginas dos outros e dizer palavras de baixo calão "apenas" porque me senti ofendida...


Repito, cara professora (sim pois sua atitude e suas palavras demonstram que você é uma mulher!)...que se a senhora não está satisfeita...use da sua excelente capacidade de detonar os outros pra se preparar e fazer um novo concurso...quem sabe algo Federal... que lhe pague à sua altura... e aproveite, passe na Secretaria de Educação e peça Exoneração de seu cargo... procure algo que lhe faça feliz... e não use da máscara da internet pra falar mal das pessoas sem motivo.


E saiba de mais uma coisa: o que você fez, ficou registrado... a internet já não é mais "terra de ninguém"...


Providencie seu formulário padrão e dê entrada na sua exoneração minha cara!


Assim você não vai mais ter que se estressar ao ver o Horário Político... porque de uma coisa eu tenho certeza: você não sabe nada mesmo sobre a liberdade de expressão.


Ou melhor, você é tão egoísta que só consegue enxergar o seu lado...


Não vou descer ao nível subterrâneo em que você se encontra... é nesse nível que ficam as pessoas que não tem mais nada a acrescentar a educação a não ser palavrões e mal-dizeres...


Eu mesma...minha cara não estava satisfeita com o meu plano de saúde...procurei outro que fosse de meu agrado ( mas eu posso pagar um plano excelente! )...faça o mesmo... mude professora! De plano, de trabalho, de postura...enfim de vida!

29 de ago de 2010

Mostra tua cara professora baixa e invejosa...



Como você é vulgar...


Anônimo... ora bolas...


Assim todo mundo fala o que bem quer...




(Não reparem meus amigos...alguém esteve em meu blog anonimamente e tirou onda com a minha cara...falar é fácil... dificil é dar o nome aos bois...)




TERAPIA URGENTE PRA VOCÊ...


NÃO TÁ FELIZ COM O ESTADO?
PEÇA EXONERAÇÃO!
Vou acrescentar aqui o comentário que a digníssima professora que está a me incomodar fez no dia 28.08.2010
Pedi pra ela mostrar a cara e ela vestiu a carapuça... incomodando-se com o meu gesto.
Observem o que eu havia recebido antes:



Você é a quenga que foi pra tv , desmoralizar nossa categoria? Da depoimento para o guia do mafioso do Danilo Cabral? Por Anônimo em SER PROFESSOR É... em 28/08/10
Realmente eu sou uma professora nota zero... e quem me disse isso é o que?
Mas a justiça será feita...

27 de ago de 2010

Pedacinhos de amizade



Amizades são feitas de pedacinhos.
Pedacinhos de tempo que vivemos com cada pessoa.
Não importa a quantidade de tempo que passamos com cada amigo, mas a qualidade do tempo que vivemos com ele.


Cinco minutos podem ter uma importância muito maior do que um dia inteiro.
Assim, há amizades que são feitas de risos e dores compartilhadas...
Outras de escola... Outras de saídas, cinemas, diversões...
Há ainda aquelas que nascem e a gente nem sabe de quê, mas que estão presentes.


Talvez essas sejam feitas de silêncios compreendidos, ou de simpatia mútua sem explicação.
Diferentes até, mas não menos importantes...


Aprendemos a amar as pessoas sem o julgamento da aparência ou modo de ser...
Sem etiquetas ou títulos Amigos de verdade não precisam disso!
O tempo que passamos com os amigos de verdade não é tempo gasto...
É tempo ganho, aproveitado, vivido.



Eu ganhei um presente!
Muito lindo…
Ele estava embrulhado em um pacote grande e bonito…
Todo decorado…
Quando vi o tal pacote fiquei sem saber o que fazer!
Mesmo sem saber quem havia me dado aquele presente resolvi abrir…
No pacote só havia um cartão que dizia: Para alguém especial…
Então abri logo de uma vez o presente…
E foi ai que eu percebi…
Que Deus entregou em minhas mãos um presente muito valioso e
disse que eu deveria cuidar dele
com muito carinho e nunca deixar ele
se quebrar ou tratá-lo mal,
pois é algo que não tem preço…
A SUA AMIZADE!

Acredite


Acredite nas pessoas... Naquelas que possuem algo mais... Aquelas que, às vezes, a gente confunde com anjos e outras divindades... Digo daquelas pessoas que existem em nossas vidas e enchem nosso espaço com pequenas alegrias e grandes atitudes... Falo daquelas que te olham nos olhos quando precisam ser verdadeiras, tecendo elogios, que pedem desculpas com a simplicidade de uma criança...
Pessoas firmes... Verdadeiras, transparentes, amigas, ingênuas... Que com um sorriso, um beijos, um abraço, uma palavra de faz feliz... Aquelas que erram... Acertam... Não tem vergonha de dizer não sei... aquelas que sonham... Aquelas amigas... Aquelas que passam pela vida deixando sua marca, saudades, aquelas que fazem à diferença... Aquelas que vivem intensamente um grande amor...

Amados

amados

A continuidade do Amor...

Amor ipuro

25 de ago de 2010

Dê o melhor de si...


Dê o seu melhor para conseguir o que quer, mas diante da frustração, aceite o que vier e agradeça. Pode acreditar: tudo é exatamente como tem de ser e se você já fez o seu melhor, fique tranquilo, porque definitivamente, isso é tudo o que pode fazer. O resto é com o Criador!

24 de ago de 2010

O SEGREDO DA FELICIDADE



Corremos de um lado para o outro esperando descobrir a chave da felicidade. Esperamos que tudo que nos preocupa se resolva num passe de mágica. Achamos que a vida seria tão diferente, se pelo menos fôssemos felizes.

E, assim, uns fogem de casa para serem felizes e outros fogem para casa para serem felizes. Uns se casam para serem felizes e outros se divorciam para serem felizes.

Uns fazem viagens caríssimas para serem felizes e outros trabalham além do normal para serem felizes. Uma busca infinda. Anos desperdiçados.

Nunca a lua está ao alcance da mão, nunca o fruto está maduro, nunca o vinho está no ponto. Sombras, lágrimas. Nunca estamos satisfeitos... Mas, há uma forma melhor de viver!

A partir do momento em que decidimos ser felizes, nossa busca da felicidade não está na riqueza material, na casa nova, no carro novo, naquela carreira, naquela pessoa. E jamais está à venda.

Quando não conseguimos achar satisfação dentro de nós mesmos, é inútil procurar em outra parte. Sempre que dependemos de coisas fora de nós para ter alegria, estamos fadados à decepção.

A felicidade não tem nada a ver com conseguir. Consiste em satisfazer-nos com o que temos e com o que não temos. Poucas coisas são necessárias para fazer feliz o homem sábio, ao mesmo tempo em que nenhuma fortuna satisfaria a um inconformado. As necessidades de cada um de nós são poucas.

Enquanto nós tivermos alguma coisa a fazer, alguém a amar, alguma coisa a esperar, seremos felizes.



Saiba: A única fonte de felicidade está dentro de você, e deve ser repartida. Repartir suas alegrias é como espalhar perfumes sobre os outros : sempre algumas gotas acabam caindo sobre
você mesmo.

Na incerteza do amanhã aproveite o hoje para ser feliz!


(autor desconhecido)

...


Deus nos concede, a cada dia, uma página de vida nova no livro do tempo. Aquilo que colocarmos nela, corre por nossa conta.


Emmanuel

23 de ago de 2010

Ideias erradas...


É errado pensar que a vida é um jogo e que, se algo correr não exatamente de acordo com as nossas expectativas, podemos jogá-lo de novo desde o início, com novas oportunidades de êxito. Seria uma tolice considerar que temos direito a um caminho de triunfos, sem sofrimentos nem desilusões, sem coragem nem heroísmo. Porque isso não sucede a ninguém e não é deste mundo. Aqui é preciso escolher e, depois, seguir em frente até ao fim. Por vezes com os ombros pesados de cansaço, de dor, de desilusão, de fracasso...

20 de ago de 2010

Cansei...


De ti, de mim, disto, estou cansado.
Cansado de me dar e me gastar em jogos infrutíferos.
Cansado da paz não vir para durar.
De magoar, de ser magoado, estou cansado.
Farto de ter os braços amarrados, de não te abraçar, farto da vida dar e tirar, farto quando estou feliz e isso acabar.
Estou cansado de tentar procurar a saída no maldito labirinto em que tantas vezes tentei não entrar.
Vou deixar simplesmente que me venham procurar...porque hoje estou cansado de mais para lutar...



Autor Desconhecido

DEU MEDO...



MEUS PAIS...


E de súbito passei a sentir medo de perde-los...

Do nada, me vem esses medos infundados..., desprovidos de qualquer respeito ao que eu sinto ou penso em relação a esse sentimento... MEDO.

Dessa vez, foi de perder meu pais!

O medo me abraçou e eu chorei como uma criança indefesa, que se vê perdida sem quem a proteja.

Queria entender o por quê disso, dessa insegurança que simplesmente me apavora, de uma maneira que eu não consigo descrever, senão num choro agoniado e desesperador.

E eu só queria que soubesse disso painho e mainha, eu os amo...mais do que jamais serei capaz de dizer ou sequer demonstrar, e só queria que soubessem disso meus velhinhos que o sua filha os ama... que eu tenho muito medo de perde-los...




E ouvindo um fundo musical de uma música clássica que uma amiga está compartilhando comigo... tornou esse momento ainda mais inesquecível...

Valsa...


Hoje era umas 7h e 30 min da manhã...eu estava indo pra escola onde trabalho e ouvi pelo auto falante do bairro onde trabalho a música que eu dancei a minha valsa de 15 anos...

Lembrei imediatamente do meu pai... (graças a Deus ele está vivo!)...mas eu me emocionei enquanto mouvia aquela música que eu nem sei o nome mas lembrei de cara na hora em que ouvi...

Eita...tempo bom...

15 ANOS... COMO PASSOU RÁPIDO...DAQUI HÁ MENOS DE 1 MÊS EU JÁ FAÇO 31...


SAUDADES...

19 de ago de 2010

...


Por vezes é preciso agarrar tudo o que nos tenta destruir, porque um dia isso nos tornará ainda mais fortes!

Tá difícil?


É difícil perdoar?
Mas quem disse que é fácil se arrepender?
Se você sente algo diga…
É difícil se abrir?
Mas quem disse que é fácil encontrar alguém que queira escutar?
Se alguém reclama de você, ouça…
É difícil ouvir certas coisas?
Mas quem disse que é fácil ouvir você?
Se alguém te ama, ame-o…
É difícil entregar-se?
Mas quem disse que é fácil ser feliz?
Nem tudo é fácil na vida…
Mas, com certeza, nada é impossível…

Cecília Meireles

Descubra...


Daqui a alguns anos você estará mais arrependido
pelas coisas que não fez do que pelas que fez.
Então solte suas amarras.
Afaste-se do porto seguro.
Agarre o vento em suas velas.
Explore. Sonhe. Descubra…

...


Eu olho para dentro de mim, e não me importo com o que as pessoas fazem ou dizem eu me preocupo só com as coisas certas.



Bob Marley

Não desista dos seus sonhos...


Não desista de seus sonhos se for atrapalhado pelas dificuldades neles encontradas, pelas derrotas, pelas perdas..
Nunca desiste de seus sonhos mesmo que sinta estar tudo acabado, mesmo sabendo que está no fim, pode ser o novo começo..
Nunca desista dos seus sonhos, desista das pessoas, das situações, e até de amores impossíveis..
Mas nunca desista de seus sonhos, eles são a única coisa que você tem certeza que terá, podem ser seu único lar em determinadas situações, e as vezes são até como seus pais, capazes de te dar um colo quando você mais precisar..
E se quiser um lugar para visitar quando estiver bem ou não tão bem.. Feche seus olhos e descubra, esse lugar é você, esse lugar está dentro de você e dentro de seus pensamentos, dos seus tristes ou belos sentimentos, nos seus sonhos você sempre será quem você gostaria de ser, e se isso não te ajudar, descubra em um sorriso a sua paz, e libere toda a vibe positiva que conseguir, você fará o sonho de todos muito mais perto da realidade!

Tatiana Botelho


Eu... logo eu... postando uma coisa dessas num dia desses como eu estou hoje...

Em um dia que eu estou super magoada...

Super decepcionada com a "loucura" das pessoas...

...


As Vezes construímos sonhos em cima de grandes pessoas... O tempo passa... e descobrimos que grandes mesmo eram os sonhos e as pessoas pequenas demais para torná-los reais!

Bob Marley

A vida é assim, somos todos frágeis demais, perfeitos demais.


Nós somos efêmeros, que significa 'de um dia só', não somos deuses e essa é a maior inveja que eles têm de nós.
A graça da vida, é ter um final, do contrário não teríamos sentido algum.
Nossa maior fragilidade é nossa maior qualidade. Vivemos em cada respiração, morremos um pouco mais em cada uma também, o importante é seguir a vida, confiante de que nosso papel está sendo bem feito.
E não devemos querer nos prolongar no palco, quendo terminado nosso papel. Já vieram muitos outros antes de nós, e muitos outros hão de vir também.
Deixemos esse sentimento, pois é o mais belo e mais triste: a saudade.
Que demonstra o valor que tivemos em vida, as amizades que cultivamos, os amores que provocamos.

PRA MIM CHEGA!


Eu tenho evitado falar com as pessoas que gosto pois, ultimamente, tenho acreditado em um certo poder de contaminá-las com meu dedo podre. Aquele capaz de petrificar tudo o que toca. Eu não tenho podido manifestar minhas vontades, pois tudo que almejo trata logo de fugir de mim. E me impressiona a quantidade de seres mal intencionados que me rodeiam.

Eu tenho evitado falar com as pessoas porque elas sempre acham que podem levar vantagem sobre mim e eu não sei se o mundo é cruel ou eu que sou uma completa idiota. Eu fiquei com preguiça de pessoas que discursam sobre honestidade, amizade e sinceridade e na hora de agir fazem exatamente o contrário do que dizem. Seus comportamentos variam de acordo com o que precisam que eu faça a elas. Coleciono então trabalhos não recebidos, falsas amizades, trapaças armadas pelas minhas costas e a solidão que amarga a boca quando o mundo é ácido demais. Mas essa solidão se torna extremamente bem-vinda quando representa a verdade de não manter próximo a mim relações baseadas em interesses e convenções.

O ano de 2010 vem deixando um saldo que permanece entalado na garganta, difícil de absorver. Esse ano tentei me esvaziar de tudo, esquecer os acontecimentos, a minha raiva da vida e todas as pessoas que tentaram me passar a perna. Procurei não pensar em nada para não trazer mais rancor pra mim. Comecei meu ano sem lista de desejos sem grandes expectativas. As pessoas mais conformadas são as que menos sofrem, não é mesmo? E eu estou cansada do ciclo de sofrimento que se instalou em minha vida. Cansada das pessoas que agem como amigas apenas quando lhes convêm. Que sumam todas, fodam-se! Eu não preciso delas...

Mas, esse pensamento rasteiro não tarda em me deixar, as idéias e vontades começam a surgir. Desejo de novas vivências, novos textos, novos trabalhos e novas viagens. Mesmo apesar do receio de que puxem novamente o meu tapete, não dá pra parar. Mas dessa vez, prometo apenas depositar menos expectativa em futuras empreitadas e em atitudes não retribuídas. Esperar menos gera menos frustração quando não se pode contar com ninguém.

GENTE ME DESCULPEM O DESABAFO AQUI...MAS HOJE EU ME DECEPCIONEI MUITO COM O ESPOSO DE UMA AMIGA PORQUE ELE "PENSA" QUE É O DONO DA VERDADE... ASSIM COMO UMAS PESSOAS QUE INSISTEM EM POSAR DE BOAZINHAS NA FRENTE DOS OUTROS...
EU FICO MUITO **** DA VIDA!
AINDA BEM QUE AMANHÃ ESTAREI BEM MELHOR...


AO MEU "NAMORIDO"



A melhor pessoa que já podia ter conhecido em toda minha vida.
Mais que um amor...
Mais ele é o meu amigo.
O meu melhor amigo.
Meu melhor companheiro.
O que me ouve.
O que brinca comigo.
Que me dá broncas.
Que briga comigo.
O que me faz sorrir de verdade.
O que me faz chorar.
O que me faz ter forças para viver.
O que me faz querer mais dormir... para sempre dormir ao seu lado.


Meu amigo..Meu companheiro...Meu cúmplice...Meu diário ... MEU NAMORADO...MEU MARIDO...MEU AMOR.

A falta...


É melhor a gente não se falar mais. Foi assim que decidi milhares de vezes. Mas a saudade, as lembranças e a falta nao me deixam cumprir a proposta que foi feita por mim mesma. O tempo prometeu curar, aliviar, tornar as coisas mais leves. E, vez por outra, até chego a acreditar que é possìvel nao pensar em meio à minha nova rotina, à minha nova vida, às minhas novas ocupaçoes. Pura ilusão achar que seria fàcil, achar que duraria pouco, achar que a dor nao seria fiel.
A solidão nao é ocasional, nem poderia ser. É consequencia exposta do que passa aqui dentro. Do espaço que nao està livre, que nao està pronto para ser ocupado, que nao admite que um dia algo possa ser tão bom como jà foi. Nao existe promessa para retomar o que já se foi. E, à parte isso tudo, vem a raiva. Raiva da vida por ser como é mas, principalmente, raiva de você, por nao ter percebido a tempo que eu partiria. Raiva por você ter admitido que tudo acontecesse como aconteceu. Raiva por ter lhe avisado tantas vezes e você nao ter me escutado.
Chego a achar bom que tudo tenho esse peso. Chego a desejar talvez que tudo se torne ainda mais pesado. Quem sabe assim você aprende, quem sabe assim você mude, quem sabe assim ainda exista uma maneira de tudo ser de novo como foi um dia.


CRISTINA MEREU

Frágil...



Frágil – você tem tanta vontade de chorar, tanta vontade de ir embora. Para que o protejam, para que sintam falta. Tanta vontade de viajar para bem longe, romper todos os laços, sem deixar endereço. Um dia mandará um cartão-postal de algum lugar improvável. Bali, Madagascar, Sumatra. Escreverá: penso em você. Deve ser bonito, mesmo melancólico, alguém que se foi pensar em você num lugar improvável como esse. Você se comove com o que não acontece, você sente frio e medo. Parado atrás da vidraça, olhando a chuva que, aos poucos começa a passar.

Caio Fernando de Abreu.

ARROGÂNCIA


Acima da capacidade intelectual e profissional, está a capacidade de reconhecer que nenhuma verdade é absoluta. Ter a humildade em admitir o próprio erro, mesmo que isto represente situação adversa, é digno e nos aproxima das outras pessoas. O segredo do sucesso, começa por ser querido pelas pessoas. A chance de se obter sucesso é inversamente proporcional ao número de inimigos que você cria. Ter autoconfiança, sim. Ser arrogante, JAMAIS. Não confunda arrogância com coragem, ousadia liderança ou segurança.

Os arrogantes colecionam fracassos (nem sempre financeiros), mas todos sempre são justificados e cada justificativa incabível, gera outro fracasso e o ciclo nunca é interrompido.

O arrogante tem características facilmente notadas:

ü Jamais se considera arrogante. Em sua opinião, ele apenas defende suas posições e princípios

ü Quando fracassa, a culpa é dos outros ou a sorte não o acompanhou

ü Cobiça o sucesso dos outros, mas é claro que não assume isso, “afinal ele é a personificação do sucesso”. E se esse sucesso pertece à alguém próximo, isso o incomoda profundamente a ponto de lhe fazer mal.

ü Nunca elogia ou enaltece a conquista dos outros. Sempre encontra um defeito ou desmerece tal conquista.

ü Quando "reconhece" um erro, o que é muito raro, justifica-o mentindo ou omitindo detalhes

ü Exige ser ouvido, mas não dá ouvidos à ninguém

ü Quando solicita opinião, é apenas um meio de autoafirmação. Seu desejo é ser aprovado, caso contrário desconsidera a opinião dada

ü Humilha e destrata quem o desagrada ou tem opinião diferente da sua

ü É um verdadeiro especialista em dizer frases infelizes.

ü Acha que tem controle sobre tudo, inclusive sobre as pessoas

ü Tem solução para os problemas alheios, mas jamais consegue resolver os seus

ü A sua palavra obrigatoriamente prevalece sobre qualquer outra

ü Sempre enaltece suas supostas qualidades

ü No auge de sua falsa modéstia, diz que seu maior “defeito” é ser perfeccionista

ü Critica à todos, porém desconhece o que seja autocrítica

ü É egoísta, mas exige solidariedade das pessoas

ü É mentiroso e acredita na própria mentira

ü Não é respeitado e sim, temido

ü Dificilmente agradece por um favor recebido, pois jamais reconhece que o recebeu

ü Se considera o melhor amigo, o melhor conselheiro, o melhor filho, o melhor pai, o melhor marido, o melhor amante, o melhor profissional, o melhor sujeito e por isso raramente muda de atitude

ü Passa a vida pensando que é querido por todos, quando na verdade é odiado por muitos

ü Muitas vezes, tem uma vida infeliz ou medíocre, se achando a pessoa mais feliz do mundo

ü O arrogante termina a vida se arrependendo tarde demais por tudo o que causou aos outros e à si mesmo

As vezes, agindo com a arrogância, algumas pessoas conseguem o que querem à curto prazo, mas a longo prazo perdem o que há de mais precioso na vida: a amizade, o respeito e o carinho das demais pessoas. O indivíduo "tem tudo na vida", mas não se sente feliz.

O arrogante é cercado por uma nuvem negra de problemas que afeta todos aqueles que por uma infelicidade, estão ao seu lado. Distancie-se dele !


"As pessoas de grande arrogância não possuem integridade, vacilando e mudando de opinião conforme a situação.

Fazem guerra, matam, roubam, enganam e se justificam inventando um motivo nobre.

Agem com arrogância os que ensinam aos outros o que eles próprios desconhecem. Quem não sabe para si, não ponha escola."


O arrogante certamente considerará este texto, como sendo arrogância de quem o escreveu ou simplesmente continuará justificando seus atos e tentando mostrar qualidades onde não existe.


SE ESTA MENSAGEM O AGRADOU, REPASSE-A PARA SEUS AMIGOS.

Se desejar utilizar o texto em artigos, blogs e outras publicações, solicito que haja citação de que foi retirado do site: www.avt.com.br

Agnaldo Pila

18 de ago de 2010

Amadurecimento


16 de ago de 2010

Um pedacinho do céu...


Cheguei sem saber nada de nada
À medida que te conhecendo fui
Aprender no que me dizias.
Tudo que aprendia te contar, queria
Tudo que ia fazer, contigo dividir, sonhava...
As emoções novas do redescobrir tudo
Tudo queria aprender a viver, sem tempo
Queria... Derrepente perto de ti chegar!
Nas entrelinhas, fui te amando, em tudo
Nas entrelinhas, se afastando de tudo
Que para mim parecia, tão perto.
Me vi sozinha, sem nada, num deserto
Vencida pelas diferenças e crenças.
A minha busca, era sentimentos ;
A tua busca:outros empreendimentos
Por uma questão de economia, me excluiu
De seu espaço,de seu tempo, de seu mundo.
Queria ser um passarinho, para voar e te ver.
Ser uma vidente, pra te ler, todo instante
Ser luz do sol, para te iluminar e aquecer, no frio
Ser chuva, para refrescar o teu corpo, quente...
Acorda, acorda, diz meu inconsciente.
Aprendí que, na noite, muito se mente
Por farra, por distração, deboche de sentimentos...
Bem que torcia, para que verdade fosse tudo;
Já que ,minha verdade ,sempre disse.
Que tolice fiz! Que gosto amargo de tudo.
Tudo queria, um começo do recomeço...
Tudo queria ser, para te alcançar, nem sei onde
Qualquer lugar, fosse onde fosse, mas que engano.
Vejo eu e só eu, em qualquer lugar, o tempo todo
Talvez, um dia, eu te encontre.
Talvez até, tu exista.
Sei que,para os outros sim, sempre foi assim
Sei que para ti nem existo, nunca existi
Mas eu queria tudo, nesta estrada
Que ela fosse real, porque acreditei que fosse
Que te amei, porque acreditei que existias;
Agora, não quero mais chegar, a te alcançar
Nada farei para isto, porque não creio mais.
Compreendi o significado do teu silêncio
Aprendi amar estrelas...
Etrelas são de todos e não alcançarei jamais.

Y love you

Soraya Luz Macedo.
12/09/07

13 de ago de 2010

Relembrando e Celebrando a Vida!


Pensando na vida, comecei a lembrar-me de tudo o que já se passou.
Recordei-me de minha infância, momentos onde era apenas uma menina, que mal sabia dos perigos da vida, mas que já sabia sonhar.

Recordei-me dos anos que se passaram e de como tudo mudou.O quanto mudei.
Brincadeiras de infância, choros com birras, querendo chamar a atenção de tudo e de todos, inventando histórias, onde eu era sempre a mocinha, esperando ser uma pessoa boa.

Não apenas sonhava, mas dava os primeiros passos rumo a Vida.

Lembrei-me de que quanto mais buscava, mais horizontes se abriam e maior era a sede de buscar novos sonhos.

Lembrei-me da minha primeira conversa sincera com Deus.
Contei à Ele tudo o que me aconteceu, nem me dei conta de que Ele já sentira minha dor e já havia se alegrado com minhas alegrias.

Lembrei-me da primeira vez que contemplei a beleza das flores e a harmonia do canto dos pássaros.
E, em meio de tantas lembranças, lembrei-me do presente, desse momento único, que amanhã serão apenas lembranças.

Lembrei-me da substância essencial que me leva a crer na vida, o Amor. Tão sensível...

E, é ele que nos move para o bem e nos faz ser melhores.

Lembrei-me que existem pessoas que nos fazem ter certeza de que vale a pena amar, seja com o silêncio de um sorriso, ou com palavras que expressam a riqueza da sabedoria.

Lembrei-me que tais pessoas podem apenas passar por nossas vidas sem que percebamos, ou ficar e fazer parte dela, e mesmo que uma fatalidade da vida possa nos separar, ou que seguimos caminhos diferentes, ficaremos ligados na eternidade.

Enfim, lembrei-me onde queria chegar com tantas lembranças.

Queria lembrar-me de quando comecei a te amar, foi então que lembrei-me de algo muito importante, de que não há razão para amar e nem o momento certo, pois a todo instante amamos, mesmo sem saber.

Isso descobri quando olhando nos teus olhos ....



http://www.complicadaperfeitinha.blogger.com.br/

10 de ago de 2010

Aprendizados...



Eu Aprendi
que a melhor sala de aula do mundo está aos pés
de uma pessoa mais velha;

Eu Aprendi
que ter uma criança adormecida nos braços
é um dos momentos mais pacíficos do mundo;

Eu Aprendi
que ser gentil é mais importante do que estar certo;

Eu Aprendi
que nunca se deve negar um presente a uma criança;

Eu Aprendi
que eu sempre posso fazer uma prece por alguém
quando não tenho a força para ajudá-lo de alguma outra forma;

Eu Aprendi
que não importa quanta seriedade a vida exija de você,
cada um de nós precisa de um amigo brincalhão para se divertir junto;

Eu Aprendi
que algumas vezes tudo o que precisamos é de uma mão para segurar
e um coração para nos entender;

Eu Aprendi
que os passeios simples com meu pai em volta do quarteirão
nas noites de verão quando eu era criança fizeram maravilhas
para mim quando me tornei adulto;

Eu Aprendi
que deveríamos ser gratos a Deus por não nos dar tudo que lhe pedimos;

Saudade...


Saudade não mata, mas é algo que dói. É difícil romper laços com alguém que nos é especial, assim como é difícil perde-la para alguém. Sei também que por vezes estar longe é o melhor que temos a fazer, mas custa tanto seguir em frente, que nem sempre o conseguimos fazer. Claro que há sempre os fortes que viram a página com a maior das facilidades… Mas serão eles mesmo fortes, ou apenas fracos que vestem a pele de resistentes, quando no fundo não têm força sequer para enfrentar os problemas? Depois temos aqueles que não conseguem seguir em frente, ou porque não querem, não conseguem e ou não aceitam essa condição, a de perder alguém que nos é importante. Por fim, existem aqueles que demoram a ultrapassar, que demoram a seguir em frente, cujos olhos tardam a abrir e teimam em não ver a dura realidade que diante deles se está a passar. As lágrimas, essas demoram a secar, o coração cuja ferida é grande demais, custa a sarar. Não é fácil ultrapassar, mas também não é impossível. Tempo, sim é isso que é preciso. Tempo para sarar as mágoas, para seguir em frente sem peso na consciência, sem que tenhamos o fantasma do passado para nos assombrar. Paz? Sim, é disso que todos nós precisamos. Mas, a realidade, é que essa palavra está a cair em desuso, sendo cada vez mais rara de se ouvir e ou ter. Quando falamos em paz associamos logo a ausência de guerra, mas, a realidade é que existem tantos tipos de conflitos, que não esses, como, por exemplo, as batalhas emocionais que travamos todos os dias da nossa vida, tendo, única e exclusivamente um fim, o de a felicidade plena alcançar, se é que esta de facto existe. Há quem diga tê-la, mas não sei se acredito. Depois há aqueles que ficam lá perto, bem pertinho, e que por vezes dão por si a cair por uma falésia abaixo, de tamanha desilusão que sofreram. Há, claro, aqueles que vêem a vida de uma perspectiva sempre animadora, aquela a que chamamos de visão cor-de-rosa. Depois vêm os pessimistas, cujo negativismo está patente em cada frase que pronunciam. Há os que lutam sem fim, sem nunca desistir, sem medo de nada, de ninguém, lutando apenas por um objetivo, aquele pelo qual vale a pena viver, e nos motiva a vencer… Ser feliz!

Poema de "Colombina"



Todas as formas de AMOR devem ser cultivadas,
Nunca é tarde para AMAR
Sempre é cedo demais para deixar de AMAR
Todo dia é dia de dizer TE AMO
Em todas as formas se diz TE AMO
Um eterno apredizado é aprender AMAR
Deixar livre é AMAR
AMAR não aprisiona
AMAR cria laços invisíveis
O AMOR torna a pessoa doce e meiga
O AMOR completa o ser
Quem AMA não é dono de si
porque se dá por inteiro
AMAR é bom
Te amo.


By SorayaLuz Macedo

6 de ago de 2010

A coisa mais triste que existe...


Há coisa mais triste que um palhaço triste?

Aquele que faz sorrir e se vê a chorar

O ser mais feliz que existe

Sim, ele é capaz de amar


Das cambalhotas as piruetas

Roda, gira e faz encantar

O rosto triste é capaz de alegrar

Mas o coração do palhaço triste esta


Cobrindo a face com tinta e pancake

Alegres cores de vinis

O palhaço ainda está triste

A coisa mais triste que existe


Em seu ultimo ato em desespero

Encheu as mãos de tinta branca

Deixou a face mórbida e franca

Sem pensar mostrou se rosto verdadeiro


Um palhaço também ama

E tem sonhos comuns

Esse palhaço por te amar te chama

Queria ser pra você, não só mais um


A tinta no rosto o feriu

Pelas lágrimas que rolaram por amor

O amor que em silêncio o palhaço sentiu

A coisa mais pura triste que existe

É o amor que dentro do palhaço existe.



Luiz Antonio Freitas-16-04-2009

Pessoas que se fazem de vítimas: CUIDADO!


Pensando esses dias cheguei a conclusão de que o hábito de se fazer de vítima, coitadinho, algoz é uma das piores coisas que uma pessoa pode fazer a ela mesma. A auto-piedade gera uma cegueira descomunal nas pessoas, a pessoa praticamente se anula.

Quando não conseguimos enxergar nossas próprias sombras e damos um jeito de ficar colocando a culpa em várias outras coisas ou pessoas, perdemos a chance de enxergar em nós mesmos aquilo que estamos fazendo de errado, e aí perdemos a chance de crescer.

Você não deve se culpar sempre por tudo, pois isso também é péssimo, mas sempre que ocorrer algo ruim, por pior que seja, pare e reflita: qual é a minha parcela de culpa nisso tudo?

Conviver com pessoas que se fazem de vítima é extremamente difícil, pelo menos para mim. Acredito que muito desse comportamento vem da criação que a pessoa teve. Conheço pessoas assim e geralmente o comportamento dos pais dessas pessoas é muito similar. Os pais muitas vezes super-protegem esses filhos, acham que eles nunca estão errrados e sempre tentam poupá-lo de tudo. Com certeza esses são pais que criam seus filhos para eles mesmos, ao invés de criar seus filhos para o mundo.

Muito se fala em deixar um mundo melhor para os nossos filhos, mas pouco se fala em deixar filhos melhores para o nosso mundo. (Autor desconhecido)

Se você quer um mundo melhor, tome cuidado e preocupe-se em deixar filhos melhores para o ele. Agora, tirando a parcela de culpa que é dos pais, esse filho não pode culpar seus pais para sempre por ser assim. O primeiro passo é assumir esse comportamento e aceitar que ele realmente o pratica, mas esse é apenas metade do caminho. A outra metade seja talvez mais difícil, que é justamente trabalhar para não repetir esse comportamento.

Todo aprendizado possui 4 níveis:

1º) Inconsciente - Incompetente
2º) Consciente - Incompetente
3º) Consciente - Competente
4º) Inconsciente - Competente

Quer ver como funciona? Lembre-se de quando você era criança e não fazia a mínima idéia de que era importante saber ler, você estava no primeiro nível. Quando passou a entender que se não soubesse ler, você não poderia ler o jogo de tabuleiros e assim não poderia brincar com seus primos, a partir desse momento você tomou conhecimento dessa importância, mas ainda era incompetente. E então passou a ir à escola e a estudar e finalmente aprendeu a ler, pronto! Você já era Consciente e Competente. E hoje você está lendo este blog e nem percebe que está lendo pois se tornou um processo natural, após muito treino.

Assim funciona com todos os nossos comportamentos. Por isso o primeiro passo para a vítima é reconhecer sua culpa e para de culpar os outros por seus erros.

Uma pessoa que se faz de vítima nunca vai conseguir extrair o seu máximo, nunca encontrará seu poder pessoal, ao menos que um dia assuma essa sombra e trabalhe para ser uma pessoa melhor.




Ludy Amano - reitrado do blog - http://blog.relacionando.com.br/2009/05/voce-se-faz-de-vitima-cuidado.html

5 de ago de 2010

Limites


Qual o seu limite para sonhar e realizar objetivos em sua vida?
Nenhum.
O limite é você quem impõe. Você é a única pessoa que pode colocar restrições nos seus desejos. Veja que as grandes realizações do nosso século, acontecerem quando alguém resolveu vencer o impossível.
Nas navegações, encontramos um Colombo determinado a seguir viagens pelo mar, mesmo estando cansado de ouvir que o mar acabava e estava cheio de monstros terríveis.
Santos Dummont, foi taxado de louco tantas vezes que nem mais ligava para os comentários até fazer subir seu 14 Bis.
Ford foi ignorado por banqueiros e poderosos que não acreditavam em carros em série.
Desistir de nossos projetos ou aceitar palpites infelizes em nossas vidas é mais fácil do que lutar por eles.
Renunciar, chorar, aceitar a derrota é mais simples pelo simples fato de que não nos obriga ao trabalho e ser feliz, dá trabalho.
Ser feliz é questão de persistência, de lutas diárias, de encantos e desencantos, quantas pessoas ainda passaram pela sua vida e te magoaram? Centenas.
Quantos passarão pela sua vida só para roubar tua energia? Centenas.
Quantos estarão preocupados com você? Outras centenas.
A questão é como você vai encarar essas situações, como ficarão seus projetos.
Eles resistirão? O objetivo você já tem: ser feliz!
Como alcançar você já sabe: lutando!
Resta saber o quanto feliz você realmente quer ser.
Lembre-se: não há limites para sonhar, não se limite, vá à luta!
O impossível é apenas algo que alguém ainda não realizou!

Texto de Paulo Roberto Gaefke.

Não tem jeito...


O DOM DO PERDÃO


O uça um conselho, de quem aprendeu a refletir

D iga de coração uma palavra a aquele que o magoou
O lhe para ele, no fundo dos olhos, e diga "eu o perdôo" M as seja sincero, e sinta o poder de perdoar

D entro de você, deixe fluir essa energia
O lhe para cima e lembre-se que Ele perdoou

P erdoou a humanidade, perdou quem o maltratou
E mbotou-se da força que lhe restava para pedir perdão
R edimiu a humanidade de seus pecados, perdoando.
D edique um tempo do seu dia perdoando
A me, irradie paz, saúde, alegria, compaixão, carinho, pra quem for
O lhe dentro de si, e sinta o poder do perdão!




Luís Gustavo
Psicólogo e Escritor Amador

Exemplo de vida


Dois homens, seriamente doentes, ocupavam o mesmo quarto em um hospital.
Um deles ficava sentado em sua cama por uma hora todas as tardes para conseguir drenar o líquido de seus pulmões. Sua cama ficava próxima da única janela existente no quarto. O outro homem era obrigado a ficar deitado de bruços em sua cama por todo o tempo. Eles conversavam muito.
Falavam sobre suas mulheres e suas famílias, suas casas, seus empregos, seu envolvimento com o serviço militar, onde eles costumavam ir nas férias.
E toda tarde quando o homem perto da janela podia sentar-se ele passava todo o tempo descrevendo ao seu companheiro todas as coisas que ele podia ver através da janela. O homem na outra cama começou a esperar por esse período onde seu mundo era ampliado e animado pelas descrições do companheiro. Ele dizia que da janela dava pra ver um parque com um lago bem legal. Patos e cisnes brincavam na água enquanto as crianças navegavam seus pequenos barcos. Jovens namorados andavam de braços dados no meio das flores e estas possuíam todas as cores do arco-íris. Grandes e velhas árvores cheias de elegância na paisagem, e uma fina linha podia ser vista no céu da cidade.
Quando o homem perto da janela fazia suas descrições, ele o fazia de modo primoroso e delicado, com detalhes e o outro homem fechava seus olhos e imaginava a cena pitoresca. Uma tarde quente, o homem perto da janela descreveu que havia um desfile na rua e embora ele não pudesse escutar a música, ele podia ver e descrever tudo.
Dias e semanas passaram-se. Em uma manhã a enfermeira do dia chegou trazendo água para o banho dos dois homens, mas achou um deles morto. O homem que ficava perto da janela morreu pacificamente durante o seu sono à noite. Ela estava entristecida e chamou os atendentes do hospital para levarem o corpo embora. Assim que julgou conveniente, o outro homem pediu à enfermeira que mudasse sua cama para perto da janela.
A enfermeira ficou feliz em poder fazer esse favor para o homem e depois de verificar que ele estava confortável o deixou sozinho no quarto.
Vagarosamente, pacientemente, ele se apoiou em seu cotovelo para conseguir olhar pela primeira vez pela janela. Finalmente, ele poderia ver tudo por si mesmo.
Ele se esticou ao máximo, lutando contra a dor para poder olhar através da janela e, quando conseguiu fazê-lo, deparou-se com um muro todo branco. Ele então perguntou à enfermeira o que teria levado seu companheiro a descrever-lhe coisas tão belas, todos os dias se pela janela só dava pra ver um muro branco?
A enfermeira respondeu que aquele homem era cego e não poderia ver nada mesmo que quisesse. Talvez ele só estivesse pensando em distraí-lo e alegrá-lo um pouco mais com suas histórias.


Moral da história: há uma tremenda alegria em fazer outras pessoas felizes, independente de nossa situação atual.
Dividir problemas e pesares é ter metade de uma aflição, mas felicidade quando compartilhada é ter o dobro de felicidade. Se você quer se sentir rico, apenas conte todas as coisas que você tem e que o dinheiro não pode comprar. Hoje é um presente e é por isso que é chamado assim.

(Autor Desconhecido)

DEUS


Deus
Dai-me o poder de não desanimar
De poder olhar para o futuro com alegria
De esperar todos os dias algo de bom...
Deus... Deus...
Não me deixe desistir
Levante-me os olhos para a vida, e que ela possa me parecer linda sempre.
Deus... Não permita que eu saia do meu caminho, mesmo ele estando em dificuldades, mesmo que pareça impossível chegar ao fim.
Meu querido Deus...
Não deixe que eu me esvazie, que me sinta triste e sem coragem.
Não deixe que eu pare diante de situações difíceis...
Que eu me distancie dos meus sonhos!
Deus ...
Só o Senhor tem o poder de me iluminar, então, faça da minha vida uma claridade plena, faça que meu coração sinta a luz do amor, e que eu possa dar amor ao meu irmão sem medir esforços. Deus meu...
Eis um filho seu implorando ajuda, pois sem a sua mão estendida, nada neste mundo pode ser perfeito.
Por isso, venho aos seus pés e peço:- Me dê a chance de acertar, de lhe dar orgulho em ser do seu reino, de saber o seu valor.
Deus...
Lhe peço ainda:
Não me deixe parar nunca, e que minhas esperanças se renovem a cada dia!

Só eu sei...Só eu e mais ninguém...


Só eu sei da minha felicidade...
Só eu sei da minha dor...
Só eu sei da minha verdade...
Que não se esconde, para agradar ninguém...
Só eu sei da dificuldade que é caminhar...
Depois de cair de um lugar tão alto...
E mesmo sangrando por dentro, resistir...
Só eu sei como dói lembrar...
Do que poderia ter sido e não será...
Só eu sei a força que tenho que fazer para de novo levantar...
Só eu sei...Só eu e mais ninguém...


Nilza Rodrigues

O QUE É SOLIDÃO?


Solidão
não é a falta de gente
para conversar, namorar, passear, fazer sexo ....
Isto é carência.

Solidão
não é o sentimento que experimentamos
pela ausêncisa de entes queridos,
quando não podem mais voltar.
Isto é saudade .

Solidão
não é o retiro voluntário
que a gente se impõe ,às vezes,
para realinhar os pensamentos.
Isto é equilíbrio...

Tão pouco é o claustro involuntário
que o destino nos impõe compulsoriamente,
para que revejamos a nossa vida ...
Isto é princípio da natureza ...

Solidão
é quando nos perdemos de nós mesmos
e procuramos em vão pela nossa alma!

Instantes de Solidão


Como posso estar assim?
O que estou fazendo comigo?
O que estou fazendo da minha vida?
Cadê aquela fortaleza que havia em mim?
Se desfez, quebrou, desmoronou rapidamente....
É sempre assim, quando menos espero isso vem de novo...
Essa onda acaricia meus pés e em seguida domina meu corpo
Me invade a alma
Envolve meu corpo
E me deixa completamente perdida
Sem saber para onde ir
Sem saber o que pensar
Sem saber com quem falar
Sem poder ao menos sonhar...
O amanhã é sempre uma surpresa
Eu preciso do tempo como necessito do meu espírito neste corpo
Mas até quando me vejo vagando por instantes?
Penso que tudo vai ficar bem...
Que tudo passa...
Que tenho que VIVER cada segundo como se fosse o último
Que tenho que aceitar essa situação
Que te ter por instantes satisfaz a enorme ausência de ti em mim....
Acalma ...
Relaxa...
Uma explosão de luz, felicidade e paz vem de repente, e se vai ao mesmo tempo
As vezes fica por um breve e precioso tempo
As vezes se instala de uma tal forma que dói
E fica horas, dias ou até meses, quem sabe?
O dia amanhece, e é mais uma surpresa que surge com ele
Não sei o que há de me concederem
Só sei que com vida, novamente sou presenteada
E vejo que o desafio continua
Tento desafiar meu próprio coração
Meu corpo também....
As vezes vejo que chego ao limite...
E que minha fraqueza domina
Sem forças não consigo me encontrar
E apenas deixo a vida me levar
A onda acariciar meu pés novamente
Olho para o infinito
E de repente tudo me acalma e tranqüiliza
Escuto o barulho do mar
E minhas mágoas, tristezas, e lamentações se vão de repente
Fico dominada pela vida
E nesse momento te queria ali, ao meu lado
Queria te falar da paz que me dominara naquele instante
Ou até mesmo coisas que o tempo me ensinou nesta tua ausência
Mas vejo que estou só
Que não há ninguém comigo, além de espíritos protetores
E assim continuo seguindo
Um dia após o outro
Um pôr-do-sol maravilhoso me acalenta novamente
Olho para o nada e vejo tudo
Consigo enxergar esse enorme vazio que há no meu ser
Até quando? Não sei!!!!!

Autora: Thaiza Dias