BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

14 de set de 2010

Nem sempre é fácil aceitar as pessoas como elas são...


Você precisa aprender a aceitar as pessoas mesmo quando elas te desapontam, quando fogem do ideal que tem para elas, quando te ferem com palavras ásperas ou ações impensadas. Não é fácil aceitar as pessoas como elas são, muito menos como desejamos que elas sejam.

Realmente não é fácil, aliás, nada é fácil, mas devemos aprender. Aprender a amar, a escutar com os olhos e não apenas com os ouvidos. Escute com a alma, com todos os seus sentidos, escute com o coração.

O que dizem os ombros caídos, os olhos ou as mãos inquietas? Escute a mensagem que se esconde por entre as palavras. Corriqueiras, superficiais, você deve descobrir a angústia disfarçada, a insegurança mascarada, a solidão encoberta, a alegria simulada e a vangloria exagerada. Descubra a dor de cada coração, inclusive a do seu!
Esperamos sempre, consciente ou inconscientemente, que alguém reconheça nosso valor e quando isso não acontece é porque muito ainda nos falta a respeito do amor.

Aos poucos, você vai aprendendo a amar. Aprende também a perdoar, pois o amor perdoa, lança fora as mágoas apagando as cicatrizes que a incompreensão e insensibilidade gravaram no seu coração ferido. O amor não alimenta mágoas com pensamentos dolorosos, não cultiva ofensas com lástimas e autocomiseração. O amor perdoa, esquece, extingue todos os traços de dor.

Passo a passo, você vai aprender a amar, perdoar e a descobrir o valor que se encontra dentro de cada vida. Valor soterrado pela rejeição, pela falta de compreensão, carinho, aceitação e pelas experiências duras vividas ao longo dos anos.

Aprenda a ver nas pessoas a sua alma e as possibilidades enriquecedoras que aquele ser possui. Lembre-se que alguns processos de aprendizagem podem ser lentos, afinal amar incondicionalmente não é fácil. Tropeçando, errando, iremos aprender a oferecer o nosso amor com toda a sinceridade e pureza da vida. Esteja sempre disposto a amar!

0 comentários: