BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

9 de jun de 2009

PORQUÊ A BORBOLETA?


Porque... Borboleta é símbolo da humanidade frágil, da vaidade e da brevidade da vida.
Quando era criança, vi um filme de desenhos animados que se chamava A Lagartinha Katy.

Esta borboleta, antes de se ter tornado numa linda e vaporosa borboleta, havia sido uma lagarta rechonchuda e muito medrosa.
A lagartinha não tinha facilidade em fazer amigos e todos os habitantes do jardim onde ela nascera, zombavam dela. A lagartinha era só no Mundo, ou seja, não tinha família.

Sua mãe borboleta havia morrido após a colocação dos ovos na flor onde nascera.
Lagartinha levava uma vida arrastando-se e comendo. Triste por não ser bonita e formosa e com uma auto estima igual a um adolescente em fase de crise existencial.
A certa altura a lagartinha recolhe-se e esconde-se do Mundo dentro do seu casulo para um género de introspecção da vida. Também nós construímos ao longo da nossa vida o nosso” casulo” onde entramos para sair renovados.
Todos os habitantes do jardim onde morava a lagartinha estavam curiosos e tristes ao mesmo tempo com o recolhimento da lagartinha dentro daquela “estranha casa”. Ninguém sabia o que estava a acontecer, nem quando e se alguma vez mais a lagartinha abalaria de dentro do seu “esconderijo”.
Um dia, um belo dia devo de salientar… o casulo da lagartinha começou a mexer-se e a balançar da árvore onde estava pendurado. Todos os habitantes do Jardim deixaram seus afazeres para se juntarem numa roda-viva em volta do casulo, curiosos com o que se iria passar… Barulhos estranhos emergiam de dentro do casulo e durante varias horas os habitantes do Jardim puderam observar o esforço que a lagartinha fazia para que o seu corpo passasse através de um pequeno buraco por ela aberto no casulo.
Esforço?... Sim, Esforço! Só com o esforço necessário para passar no buraco é que a lagartinha ganharia a força necessária para o resto de tempo que lhe restava na vida.
E após todo esse esforço, os habitantes puderam observar um milagre! A lagarta gorda, feia e arrastada, tinha-se transformado no Ser mais belo e confiante que alguma vez tinham conhecido.
Todos reconheceram como tinham sido injustos para com a pobre lagartinha.
A lagartinha, agora Borboleta, apesar de continuar a ser a mesma, sentiu na sua transformação física, uma transformação psicológica pelo esforço cumprido na sua missão. Ela sabia que lhe restava pouco tempo de vida, por isso decidiu vive-la como se tivesse acabado de nascer.
A Borboleta representa para mim a ressurreição para uma vida nova e gloriosa, livre de conceitos materiais e repressões.
Quando eu pedi Força ao meu Universo, Ele deu-me dificuldades para que eu me tornasse Forte.
Hoje pedi-lhe Coragem!!!
Sabem o que ele me ofereceu? Ele ofereceu-me Perigo para aprender a superar.
A Vida é assim...muito parecida com a da Borboleta.
Posso não receber nada do que peço, mas recebo tudo o que preciso.


Escrito por Isa

0 comentários: