BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

19 de jun de 2009

Medo


Que o meu medo
Seja plenamente
Suportável.

Que a dor
Da minha ausência
Simplesmente
Mal sentida.

Que a falta
Do meu olhar
Nunca te cegue.

Que o silêncio
Da minha voz
Nunca te cale.

Que os meus poemas
Não durmam
Em páginas mofadas.

Que o teu canto
Tenha sempre
Bons ouvidos.

Que o teu beijo
Seja sempre
Doce e delicado.

E que o teu amor
Seja eternamente
Bem vivido!

(Adriano Hungaro)

0 comentários: