BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

7 de jul de 2009

"Woman"


Eu olhei para todos os seres do paraíso virginal, e não achei dentre eles uma companheira ideal para mim, achei-me tão triste, assim.
Fui incumbido pelo Criador a dar nome á todos os seres viventes no paraíso terrestre, mas á nenhum pude chamá-lo de meu amor.
Senti-me então solitário, na alma vazia frustração incontida, pois o mais ínfimo ser da criação tinha a quem amar, tinha outro ser á acompanhá-lo e ao seu lado andar, eu que era a coroação dessa mesma criação divina, só tinha a minha sombra com quem falar, e poder então estar, e vivia sozinho a vida á amargar.
Vendo o meu DEUS-CRIADOR, que eu o homem no seu jardim de delícias criado para o meu eterno regozijar, vivia infeliz pelos cantos á vaguear, em sono profundo me fez transitar, e no seu espírito de paz me fez inebriado por tal sono sonhar. Abriu-me o meu DEUS o meu lado, e de lá me retirou uma de minhas costelas, e assim fazendo voltou á fechar-me o lado, e de minha costela vos criou ó bendita companheira minha.
Achei-te tão semelhante á mim, e ao mesmo tempo tão diferente de mim, ó contradição de beleza ainda por nenhuma língua dita!Teus cabelos compridos lisos e cheirosos, fios de ouro á reluzir sobre o ardente sol, tua pele quase igual a minha se não fosse pelo fato de ser muito mais macia e de uma matiz rica!Teus quadris largos e tuas nádegas redondas e abastadas, firmes e duras, redonda como o cheio disco da lua, visão de felicidade para o homem pura. Teus olhos grandes, brilhantes como se estivessem neles a faiscar o reluzir de mil safiras e preciosas pedras de diamantes de luzir ofuscantes, me mostravam o caminho largo e preparado para a vida viver pela alegria abastado.
Teus seios grandes, firmes e rotundos miragem deliciosa semelhante à visão de um perdido oásis de mil delícias e carícias no meio de um deserto de sol escaldante.
Teu ventre bem trabalhado e magistralmente talhado para ser o caminho por mim trilhado, para descobrir em tua rosa genital, a verdadeira felicidade monumental.
Vendo-te perfeita assim, e por DEUS feita para mim, achei-me imensamente feliz naquele imenso jardim quem com você se tornou por fim, em um paraíso de encanto sem fim.
Chamei-te de EVA, a primeira mulher, feita de minha retirada costela, tu és assim tão minha, completamente minha, como eu sou seu, inteiramente seu. Se do meu lado foste retirada é do meu lado que deves comigo reinar, neste imenso jardim de doce caminhar, teus sonhos serão os meus, e os meus serão os teus, assim como os meus filhos serão os seus também, e que os santos anjos para isso digam em um coro uníssono, amém.
Andemos sobre os floridos campos multicoloridos, sintamos o perfume intocado da nobre violeta e da encantada rosa vermelha. Sintamos a fragrância suave da mirra, e o odor fascinante do jasmim, nos encantemos com a pureza da brancura dos lírios, tocados pelo suave roçar do sopro do vento, possa alegre então colher o alecrim e pô-lo em uma cesta repleta de doces frutos! Os morangos vermelhos e de suco suculento, a laranja amarelinha em doce flor, nos instigando á dança do amor. A jabuticaba pretinha e a vermelha maçã docinha, a manga rosa neste cesto não podemos esquecer em seu interior de ter, e experimentar seu caldo de acalanto gostoso em nossos lábios vistosos e de delicias ávidos. Minha pomba de arroios e gorjeios primaveris, minha donzela de beleza extrema e tão casta, meu verão de imenso e intenso calor, de pura paixão de arrebatada e encantada canção de amor.
Mulher, mulher, minha metade do meu lado retirada, minha riqueza de fortuna abastada. Mulher, mulher, minha delícia até então nunca por mim experimentada, meu norte que orienta muito bem a minha sorte, mulher, mulher, tu serás para sempre minha doce e inseparável e insubstituível consorte.


---------------------------------------------------------------------------
A PROSA POÉTICA POSTADA ACIMA E INTITULADA-"WOMAN".-É DA AUTORIA DE ELTON NEVES - O ANJO DAS LETRAS.

0 comentários: