BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

16 de set de 2009

Tipos de perda

perdas



No decorrer da nossa jornada, sempre são tirados de nós: objetos de valor, pessoas, momentos. Não gosto muito dessas palavras "tirar", "arrancar", e semelhantes. Só em pensar nelas, é como se o coração estivesse sendo dilacerado, rasgado, doendo...
Como se um punhal tivesse atravessando meu peito aos poucos.
Em alguns minutos, olhei para o objeto que mais tenho cuidado, gosto e me identifico. Na outra hora, ele simplesmente é tirado, de uma forma horrível e desonesta.
A mesma coisa acontece com pessoas...
Numa época da vida, temos aquela pessoa a todo tempo. E de repente, ela desaparece, como um gelo que derrete, vira água e escorre pelas suas mãos. Você não recebe mais notícias, telefonemas, e-mails, e apenas fica com as lembranças.
Acredito que na vida temos três tipos de perda: a condicional, a incondicional e a forçada.
A condicionada você perde objetos de valor, pessoas e momentos em sã consciência. Essa é dolorosa, mas estamos mais próximos da verdadeira realidade.
A incondicional ocorre quando, por esquecimento ou desleixo não damos tanta importância a tal objeto de valor, pessoas e momentos.
A perda forçada é mais tenebrosa, tensa, e por muitas vezes violenta. Em casos de roubo de objetos de valor, pessoas e momentos são arrancados de nós forçadamente. Quer dizer, perdemos sem esperar, perdemos no susto. Não planejamos essa tal perda.
Monique L.G.Britto

0 comentários: