BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

21 de set de 2009

Vem Mulher


Os olhos cheios de desejo,
Na boca, o gosto do teu beijo,
Teu nome escrito na palma da minha mão,
Dentro do coração, a solidão e o medo,
A vóz se cala em minha garganta,
E nesta solidão, eu choro feito criança,
Choro a tua falta e quem me dera, tú,
Tão linda e tão mulher, quem dera o céu azul,
Quem dera o ar que te respiro, o amor,
Que sai de dentro do meu peito,
E ver você dizendo, não se acabou,
Vem, pois eu te espero há tanto tempo,
Vem, parado aqui estou,
O meu amor é eterno, mas minha vida é curta,
Vem, quem dera o tempo no qual te espero,
Se transformar no amor e te trazer tão pura,
Vem mulher, pois nada se transforma,
Sem ti, o tempo passa e a minha vida acaba,
Vem mulher, tão linda, doce e perfumada,
O teu sorriso se faz a minha alegria,
E sem você, o que é sorriso chora,
O gosto do teu beijo ainda está na boca,
E eu te grito o amor por todo universo,
E eu te grito, vem!
Pois meu amor assim, sincero, é para vida toda.


Poetas SP

0 comentários: