BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

2 de set de 2009

Por que eu te amo?


Porque na primeira vez que os seus olhos cruzaram com os meus, você me mostrou o mundo, e me abriu as portas para um sentimento que ainda estou descobrindo do que é capaz.
Porque você me amou e me fez entender o sexo, a junção de dois corpos cujas almas se completam e se compreendem.
Porque você tocou minha pele e me fez maior, mais forte, mais capaz.
Porque você enxergou a menina dentro de mim, mas também a mulher, e compreendeu as duas, e amou as duas.
Porque você me permitiu ser frágil, e me segurou e me deu seu ombro.
Porque você não teve medo da minha força, e me presenteou com a sua admiração.
Porque você me ouviu, e o mundo que eu sufocava dentro de mim foi dividido, e eu me senti mais leve.
Porque você me abriu os braços, e eu não tive medo de correr e seguir em frente.
Porque você esteve ao meu lado, e eu me senti segura, e não precisei dormir pra sonhar.
Porque você compartilhou meu sorriso, minha alegria, meus sonhos, mas também minha dor.
Porque você teve medo, e dúvidas, e eu crescemos ao seu lado, e aprendi.
Porque você discutiu, discordou, argumentou, e exigiu de mim, e eu nem sempre podia dar, e você compreendeu.
Porque você enxergou minhas cores, meus traços, minhas nuances. Porque você viu em mim o que eu mesma não via e me mostrou o que estava além. Porque você foi paciente, e eu me senti acolhida.
Porque você me deu seus braços, e com eles eu construí um novo mundo, no qual tudo fazia sentido.
Porque você chorou por dentro, e eu compreendi o quanto dói à dor do outro, quando esse outro é mais de nós do que nós mesmos.
Porque você sorriu, e seu sorriso iluminou até os meus cantinhos mais profundos e obscuros.
Porque você se abriu pra mim, e eu deixei de ter medo da entrega.
Porque você sonhou comigo, e o mundo se tornou pequeno para tanto amor.
Porque você me fez ver o que eu tinha medo, e encarar, e enfrentar. E eu nem sempre fiquei feliz com isso, e você se esforçou pra compreender até onde eu poderia ir.
Porque você me mostrou que a vida tem muito menos limites do que a gente pensa, e que o amor é uma experiência infinita.
Porque você olha pra frente, mas compreende quando fecho os olhos e me aninho no seu peito, e sabe que certas vezes é só o que eu preciso.
Porque você me deseja, e faz do meu corpo o seu caminho. E a gente se ama, e se dá prazer, e se dá a vida.
Porque você está presente, e a solidão não me assusta mais.
Porque você... Por que... Por que.
É isso. Por que.
É assim. Sem mais. É como te amo.
E porque te amo é que digo que os porquês não importam. Eles existem, mas não importam.
O que importa somos nós, e as nossas mãos dadas, e os nossos corpos unidos, e nossos pés caminhando juntos.
E isso será sempre sem por que. E será sempre.
E essa é a grande maravilha.
Que te amo.
Por quê?
Porque sim...

0 comentários: