BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

5 de jun de 2010

Silêncio...


Silêncio...


Minha alma calou-se,


Emudeceu todos os meus sentimentos,


Parei no tempo, Aonde?


Não sei,


Mergulhei nos meus sentidos a procura do meu eu.


Perdi-me na areia escaldante do deserto,


Onde vi repousado meu retrato,


Esquecido por ti...


Minha dor da ilusão...


Recolhi em silencio o amor criado por mim,


Minha alma despedaçou, morreu,


Mais meu penar não foi em vão...


Na minha doce ilusão sofri em prantos,


Mais aprendi...


Que amar não é impor o outro a amar-te.




(maria luz)

0 comentários: