BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

4 de out de 2009

VII BIENAL INTERNACIONAL DO LIVRO DE PERNAMBUCO : EU FUI!

O evento deste ano trará muitas e excelentes novidades.

Sob o tema “Literatura do princípio ao fim”, a Bienal Internacional do Livro de Pernambuco chega à sua 7ª edição. Entre os dias 02 e 12 de outubro, o pavilhão de exposições do Centro de Convenções, em Olinda (PE), volta a ser palco das discussões e debates que fomentam a feira literária, considerada a 3ª maior do Brasil, atrás apenas do Rio de Janeiro e São Paulo. Grandes nomes nacionais e internacionais já foram confirmados. Entre os internacionais estão os do escritor argentino Federico Andahazi e do chileno Alberto Fuguet. No rol dos escritores Macionais, Daniel Galera, Marcelino Freire, Maria Esther Maciel, Ronaldo Correia de Brito e Salim Miguel.

Promovido pela Cia de Eventos, o evento deste ano ganhou mais um dia. O Dia das Crianças foi estrategicamente incorporado, uma vez que aproximar a juventude dos livros é um dos principais objetivos dos organizadores. O Estado do Rio Grande do Sul, o escritor Raimundo Carrero e o jornalista Evaldo Costa são os grandes homenageados desta edição. Com curadoria do jornalista e escritor Homero Fonseca e do poeta, tradutor e ensaísta Delmo Montenegro, a programação prevê oficinas literárias comandadas por escritores de renome, apresentações de teatro, interpretação textual, exibições de curtas e longas-metragens, palestras, debates, entrevistas e bate-papos acerca das produções literárias. Os escritores locais também terão destaque no evento. Alguns nomes já podem ser confirmados no site da bienal - www.bienalpernambuco.com. Toda a programação oficial será divulgada até outubro.

Em 11 dias de feira, a expectativa é superar todos os números das últimas edições e congregar um público acima dos 550 mil registrados na bienal passada. Foi em 2007, última edição do evento, inclusive, que a Bienal bateu todos os recordes. Foram comercializados mais de 600 mil livros, gerando uma receita de R$ 12 milhões. O evento ocupou uma área de 22 mil m² do pavilhão do Centro de Convenções de Pernambuco, onde 170 editoras, distribuidoras e livrarias ocuparam 215 estandes.

Conte sua história – A tecnologia e a interação com o público é um dos pontos que está sendo desenvolvido nesta edição. O projeto Conte sua história, lançado no site da Bienal, propõe que o público interaja e participe antes mesmo de a feira acontecer. O objetivo do projeto é estimular pessoas a escreverem contos, crônicas, causos, poesias, resenhas, artigos ou ensaios. As histórias contadas são enviadas e publicadas no site para os demais visitantes lerem, avaliarem e comentarem. As que forem mais bem votadas ganharão destaque e os autores mais interessantes serão chamados para participar da programação oficial da Bienal.

“Existe uma preocupação da organização em sempre abrir espaço para produções ainda sem visibilidade e, de repente, podemos nos deparar com escritores talentosos através deste projeto”, explica o produtor, Rogério Robalinho. A participação no projeto “Conte sua história” é livre, ou seja, qualquer pessoa pode participar.

Sebo Digital - Outra novidade é o Sebo Digital. Também instalado no site da Bienal, o Sebo é um local onde os usuários podem anunciar livros para troca. Primeiro o interessado cadastra a lista de livros que pretende trocar. Deve ser informado o nome do livro, o nome do autor e o ISBN (sistema numérico que é utilizado para identificar os livros) do livro. Após ser postada a lista, os usuários que tiverem algum interesse entram em contato com quem fez a postagem, através de mensagem. A partir de então, as partes interessadas passam a negociar diretamente sobre os livros que desejam trocar. Havendo o acordo sobre a troca, as duas partes escolhem uma data e aparecem na Bienal para fazer a troca dos novos livros e curtir uma das maiores feiras literárias do país.

Twitter - Além de muita literatura, a Bienal de Pernambuco também está ligada à tecnologia. Os organizadores do evento estão twittando informações sobre a 7º edição do evento para os usuários de uma das redes de relacionamento que mais está em alta, o microblog Twitter. A rapidez com que as informações são repassadas foi um dos atrativos para a inserção da Bienal no site.

O grande objetivo da Bienal é fazer uma grande celebração em torno de um produto nobre como é o livro, que sempre agrega valor e estimula a capacidade criativa das pessoas. Por isso, existe uma preocupação da organização em sempre abrir espaço para produções ainda sem visibilidade. “Costumamos entrar em contato com editoras que nunca participaram do evento, o que possibilita uma maior diversidade na oferta de títulos. A idéia é apresentar livros que não são achados na maioria das livrarias. E sempre com o cuidado de viabilizar estas ofertas com preços acessíveis”, destacou Robalinho.

Mesas redondas e lançamentos - Além de feira bem sucedida, a Bienal Internacional do Livro de Pernambuco se destaca por promover mesas redondas, conferências e lançamentos de livros. A cada ano, são convidados autores das mais diversas áreas, numa programação que busca abranger o mais amplo leque da produção literária contemporânea. Já passaram por lá nomes como Ana Maria Machado, Moacir Scliar, Sérgio Paulo Rouanet, Pedro Bial, Carlos Heitor Cony, Márcia Tiburi, Edgard Morin (França), Ariadne von Schirach (Alemanha), Jorge Reis-Sá (Portugal), Bertold Zilly (Alemanha), Maria João Cantinho (Portugal) e Luís Carlos Patraquim (Moçambique).

Para as editoras interessadas em participar da VII Bienal, a planta já está definida, e os stands podem ser procurados na Cia de Eventos, no telefone (81) 3231 5196. O evento conta com apoio da Câmara Brasileira do Livro e patrocínio da Petrobrás, Governo do Estado de Pernambuco, TV Globo, Excelsior Seguros e Nordeste Segurança de Valores.

Fonte: http://www.alagoas24horas.com.br


0 comentários: