BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

27 de abr de 2010

AFINIDADE É UM DOS POUCOS SENTIMENTOS QUE RESISTEM AO TEMPO E AO DEPOIS...


A afinidade não é o mais brilhante, mas o mais sutil, delicado e penetrante dos sentimentos.
É o mais independente.

Não importa o tempo, a ausência, os adiamentos, as distâncias, as impossibilidades.
Quando há afinidade, qualquer reencontro retoma a relação, o diálogo, a conversa, o afeto no exato ponto em que foi interrompido.

Afinidade é não haver tempo mediando a vida.
É uma vitória do adivinhado sobre o real.
Do subjetivo para o objetivo.
Do permanente sobre o passageiro.
Do básico sobre o superficial.

Ter afinidade é muito raro.
Mas quando existe não precisa de códigos verbais para se manifestar.
Existia antes do conhecimento, irradia durante e permanece depois que as pessoas deixaram de estar juntas.
O que você tem dificuldade de expressar a um não afim, sai simples e claro diante de alguém com quem você tem afinidade.

Afinidade é ficar longe pensando parecido a respeito dos mesmos fatos que impressionam, comovem ou mobilizam. É ficar conversando sem trocar palavras. É receber o que vem do outro com aceitação anterior ao entendimento.

Afinidade é sentir com. Nem sentir contra, nem sentir para, nem sentir por, nem sentir pelo.
Quanta gente ama loucamente, mas sente contra o ser amado.
Quantos amam e sentem para o ser amado, não para eles próprios.

Sentir com é não ter necessidade de explicar o que está sentindo. É olhar e perceber.
É mais calar do que falar, ou, quando é falar, jamais explicar: apenas afirmar.

Afinidade é jamais sentir por.
Quem sente por, confunde afinidade com masoquismo.
Mas quem sente com, avalia sem se contaminar.
Compreende sem ocupar o lugar do outro.
Aceita para poder questionar.
Quem não tem afinidade, questiona por não aceitar.

Afinidade é ter perdas semelhantes e iguais esperanças.
É conversar no silêncio, tanto nas possibilidades exercidas quanto das impossibilidade vividas.

Afinidade é retomar a relação no ponto em que parou sem lamentar o tempo de separação.
Porque tempo e separação nunca existiram.
Foram apenas oportunidades dadas (tiradas) pela vida, para que a maturação comum pudesse se dar.
E para que cada pessoa pudesse e possa ser, cada vez mais a expressão do outro sob a
forma ampliada do eu individual aprimorado.

Arthur da Távola

A força da Amizade



A força da amizade vence todas as diferenças...
Aliás... para que diferenças se somos amigos?
Quando erramos... nos perdoamos e esquecemos
Se temos defeitos... não nos importamos...
Trocamos segredos...
e respeitamos as divergências...
Nas horas incertas,
sempre chegamos no momento certo...
Amigos sem cor... sem sexo... sem idade...
Amigo é só amigo...

CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE


Para você, desejo o sonho realizado.
O amor esperado.
A esperança renovada.
Para você,
Desejo todas as cores desta vida.
Todas as alegrias que puder sorrir
Todas as músicas que puder emocionar.
Para você neste novo ano,
Desejo que os amigos sejam mais cúmplices,
Que sua família esteja mais unida,
Que sua vida seja mais bem vivida.
Gostaria de lhe desejar tantas coisas.
Mas nada seria suficiente para
Repassar o que realmente desejo a você.
Então, desejo apenas que você tenha muitos desejos.
Desejos grandes e que eles possam te mover a cada minuto,
ao rumo da sua FELICIDADE!!!


Carlos Drummond de Andrade

ENTREVISTA À REVISTA ÉPOCA


FOI PUBLICADA UMA ENTREVISTA MINHA NESSA REVISTA QUE SAIU ONTEM... PRA MINHA SURPRESA, ENQUANTO EU RECIBIA ELOGIOS DE VARIAS PESSOAS, TEVE UMA PESSOA QUE SIMPLESMENTE... ABOMINOU TUDO ISSO E CRITICOU O MEU MÉRITO!

FIQUEI HIPER PRA BAIXO...


23 de abr de 2010

Dia 25 é aniversário do meu amor...

parabens papai

FINALMENTE TÁ CHEGANDO O FINAL DE SEMANA!


DEUS!


OFERTA


No fim de todas as cores
de todas as frases
de todos os olhares
de todas as dores,

Quando já nada nos prender
E apenas nada nos esperar
Quando for igual ao nascer
Em cada dia o findar...

Será breve a borboleta
E doce a rosa em que poisar...


© Reservados os direitos de autor;

20 de abr de 2010

Cuidados que devemos ter...


DOMINE a língua. Diga sempre menos do que pensa. Cultive a voz baixa e suave. O modo de falar impressiona mais do que o que se fala.

PENSE antes de fazer uma promessa e depois não quebre, nem dê importância ao quanto lhe custa cumpri-la.

NUNCA deixe passar uma oportunidade para dizer uma coisa meiga e animadora a uma pessoa ou a respeito dela.

TENHA interesse pelos outros - em suas ocupações, em seu bem-estar, seus lares e família. Seja sempre alegre com os que riem e lamente com os que choram. Aja de tal maneira que as pessoas com quem se encontrar sintam que você lhes dispensa atenção e lhes da importância.

SEJA alegre. Conserve para cima os cantos da boca. Esconda suas dores, desapontamentos e inquietações, sob um sorriso. Ria das historias boas e aprenda a contá-las.

CONSERVE a mente aberta para todas as questões de discussão. Investigue, mas não argumente. É próprio das grandes mentalidades discordar e ainda conservar a amizade do seu oponente.

DEIXE as suas virtudes, se as tiver, falarem por si mesmas e recuse a falar das faltas e fraquezas dos outros. Condene murmúrios. Faça uma regra de só falar coisas boas dos outros.

TENHA cuidado com os sentimentos dos outros. Gracejos e criticas não valem a pena e freqüentemente magoam quando menos se espera.

NÃO faça questão das observações a seu respeito. Viva de modo que ninguém as acredite.

NÃO seja excessivamente zeloso dos seus direitos. Trabalhe, tenha paciência, conserve-se calmo, esqueça-se de si mesmo e receberá a recompensa.


Autor Desconhecido

AS DUAS PULGAS


Muitas empresas caíram e caem na armadilha das mudanças drásticas de coisas que não precisam de alteração, apenas aprimoramento. O que lembra a história de duas pulgas.

Duas pulgas estavam conversando e então uma comentou com a Outra:

- Sabe qual é o nosso problema? Nós não voamos, só sabemos saltar. Daí nossa chance de sobrevivência quando somos percebidas pelo cachorro é zero. É por isso que existem muito mais moscas do que pulgas.

E elas contrataram uma mosca como consultora, entraram num programa de reengenharia de vôo e saíram voando. Passado algum tempo, a primeira pulga falou para a outra:

- Quer saber? Voar não é o suficiente, porque ficamos grudadas ao corpo do cachorro e nosso tempo de reação é bem menor do que a velocidade da coçada dele. Temos de aprender a fazer como as abelhas, que sugam o néctar e levantam vôo rapidamente.

E elas contrataram o serviço de consultoria de uma abelha, que lhes ensinou a técnica do chega-suga-voa. Funcionou, mas não resolveu. A primeira pulga explicou por quê:

- Nossa bolsa para armazenar sangue é pequena, por isso temos de ficar muito tempo sugando. Escapar, a gente até escapa, mas não estamos nos alimentando direito. Temos de aprender como os pernilongos fazem para se alimentar com aquela rapidez.

E um pernilongo lhes prestou uma consultoria para incrementar o tamanho do abdômen. Resolvido, mas por poucos minutos. Como tinham ficado maiores, a aproximação delas era facilmente percebida pelo cachorro, e elas eram espantadas antes mesmo de pousar. Foi aí que encontraram uma saltitante pulguinha:

- Ué, vocês estão enormes! Fizeram plástica?

- Não, reengenharia. Agora somos pulgas adaptadas aos desafios do século XXI. Voamos, picamos e podemos armazenar mais alimento.

- E por que é que estão com cara de famintas?

- Isso é temporário. Já estamos fazendo consultoria com um morcego, que vai nos ensinar a técnica do radar. E você?

- Ah, eu vou bem, obrigada. Forte e sadia.

Era verdade. A pulguinha estava viçosa e bem alimentada. Mas as pulgonas não quiseram dar a pata a torcer:

- Mas você não está preocupada com o futuro? Não pensou em uma reengenharia?

- Quem disse que não? Contratei uma lesma como consultora.

- O que as lesmas têm a ver com pulgas?

- Tudo. Eu tinha o mesmo problema que vocês duas. Mas, em vez de dizer para a lesma o que eu queria, deixei que ela avaliasse a situação e me sugerisse a melhor solução. E ela passou três dias ali, quietinha, só observando o cachorro e então ela me deu o diagnóstico.

- E o que a lesma sugeriu fazer?

- "Não mude nada. Apenas sente no cocuruto do cachorro. É o único lugar que a pata dele não alcança".

MORAL: Você não precisa de uma reengenharia radical para ser mais eficiente. Muitas vezes, a GRANDE MUDANÇA é uma simples questão de reposicionamento.


Autor Desconhecido

...


Não se preocupe se, de repente, a pessoa que amava se foi. Conscientize-se que amores entram e saem de nossas vidas. Porém, o verdadeiro amor fica para sempre!

INÁCIO DANTAS

16 de abr de 2010

CEDER...


Ceder não significa parar de me preocupar...

significa que eu não posso resolver os problemas da outra pessoa.

Ceder não significa isolar-me...
significa que não posso controlar a vida da outra pessoa.

Ceder não é tornar as coisas mais fáceis...
mas extrair lições das conseqüências dos nossos atos.

Ceder é admitir que tenho limitações...
o que significa que o resultado final não depende de mim.

Ceder é não tentar modificar ou culpar outras pessoas...
eu só posso modificar a mim mesmo.

Ceder não significa deixar de prestar assistência...
significa continuar a demonstrar interesse.

Ceder é não jogar a culpa no outro...
mas ter espírito de solidariedade.

Ceder não é julgar...
mas admitir que a outra pessoa é um ser humano.

Ceder é não intrometer-se tentando resolver problemas alheios...
é permitir que as pessoas encontrem as soluções por conta própria.

Ceder é deixar de ser protetor...
é permitir que a outra pessoa enfrente a realidade.

Ceder não é rejeitar...
mas aceitar.

Ceder não significa resmungar, censurar ou discutir...
significa aceitar as próprias falhas e corrigi-las.

Ceder não significa adaptar tudo conforme meus desejos...
mas aceitar cada dia como ele é e apreciar cada momento.

Ceder é não criticar nem controlar o outro...
mas tentar me transformar na pessoa que eu gostaria de ser.

Ceder não é arrepender-se do passado...
mas adquirir experiência e viver para o futuro.

Ceder é temer menos e amar mais.

AMAR...


Que pode uma criatura senão,
entre criaturas, amar?
amar e esquecer,
amar e malamar,
amar, desamar, amar?
sempre, e até de olhos vidrados, amar?
Que pode, pergunto, o ser amoroso,
sozinho, em rotação universal, senão
rodar também, e amar?
amar o que o mar traz à praia,
e o que ele sepulta, e o que, na brisa marinha,
é sal, ou precisão de amor, ou simples ânsia?
Amar solenemente as palmas do deserto,
o que é entrega ou adoração expectante,
e amar o inóspito, o áspero,
um vaso sem flor, um chão de ferro,
e o peito inerte, e a rua vista em sonho, e uma ave de rapina.
Este o nosso destino: amor sem conta,
distribuído pelas coisas pérfidas ou nulas,
doação ilimitada a uma completa ingratidão,
e na concha vazia do amor a procura medrosa,
paciente, de mais e mais amor.
Amar a nossa falta mesma de amor, e na secura nossa
amar a água implícita, e o beijo tácito, e a sede infinita.


Carlos Drummond de Andrade

Acredite!



Quando os nossos sonhos se acabam, Fica um vazio imenso... Uma vontade de parar... De desistir de tudo...

É um período difícil, em que os dias, as horas, e até os segundos são longos... Não conseguimos progredir... Falta vontade... Falta motivação...

Nos fechamos para tudo e para todos como se nada importasse... nada tivesse algum valor... vamos nos destruindo pouco a pouco...

Porque será que muitas coisas em que acreditamos chega ao fim? Acreditamos na felicidade eterna e, muitas vezes, ela não passa de um pequeno tempo... Tempo suficiente para deixar uma saudade infinita...

Até que um dia... Um novo sonho começa a dar o ar da sua graça... Vem chegando de mansinho... Tentando abrir os cadeados do coração...

Estamos trancados, com um enorme medo de sofrer de novo, Mas mesmo assim, o novo sonho vem chegando... Trazendo na mala, tudo de novo... E como todo novo sonho, é regado de novidades que fascinam, mexendo com emoções adormecidas... Trazendo de volta, a emoção de viver amar, recomeçar!!!

Nessa hora, quando tudo ressurge, podemos avaliar melhor a vida... Temos que transformar cada pequeno instante, em grandes momentos...

Eliminar tudo que maltrata o nosso corpo, o nosso espírito, e dar lugar somente ao que nos engrandece como verdadeiro ser humano filho de Deus!!!

E se os seus sonhos estiverem nas nuvens, não se preocupe... eles estão no lugar certo. Construa os alicerces, e SUBA!!!

Nunca desista de ser feliz!!!

13 de abr de 2010

QUANDO A CHUVA PASSAR - PAULA FERNANDES

DIA DO BEIJO

dia do beijo Pictures, Images and Photos

Ofereço essa prece de hoje a uma pessoa que partiu e que eu sinto que precisa de oração...


ORAÇÃO POR UM CRIMINOSO

PREFÁCIO — Se a eficácia das preces estivesse na razão da sua extensão, as mais longas deviam ser reservadas para os mais culpados, porque eles têm mais necessidade do que aqueles que viveram santamente.

Recusá-las aos criminosos é faltar à caridade e desconhecer a misericórdia de Deus. Pensar que são inúteis, porque um homem cometeu faltas muito graves, seria prejulgar a justiça do Altíssimo.

PRECE

— Senhor Deus de Misericórdia, não repudieis esse criminoso que acaba de deixar a terra! A justiça dos homens pôde condená-lo, mas isso não o livra da vossa justiça, caso o seu coração não tenha sido tocado pelo remorso. Tirai-lhe a venda que lhe oculta a gravidade de suas faltas, e possa o seu arrependimento merecer a vossa graça, para que se aliviem os sofrimentos de sua alma!

- Possam também as nossas preces, e a intercessão dos Bons Espíritos, levar-lhe esperança e consolação; inspirar-lhe o desejo de reparar as suas más ações, através de uma nova existência; e dar-lhe a força necessária para não sucumbir nas novas lutas que terá de enfrentar! Senhor, tende piedade dele!

Hoje eu tenho um agradecimento em especial a fazer...


PARA OS INIMIGOS E OS QUE NOS QUEREM MAL

PREFÁCIO — Jesus disse: Amai os vossos inimigos. Esta máxima nos revela o que há de mais sublime na caridade cristã. Mas Jesus não queria dizer que devemos ter pelos inimigos a mesma ternura que dedicamos aos amigos.

Por essas palavras ensina-nos a perdoar as ofensas, perdoar todo o mal que nos fizeram e pagar o mal com o bem. Além do merecimento que tem essa conduta aos olhos de Deus, serve para mostrar aos homens o que é a verdadeira superioridade.

PRECE

— Meu Deus, perdôo a ...(todos os fulanos e beltranos) o mal que me fez e o que pretendia fazer-me, como desejo que me perdoeis, e que ele por sua vez me perdoe as faltas que eu tenha cometido. Se o pusestes no meu caminho como uma prova, seja feita a vossa vontade. Afastai de mim, ó meu Deus, a idéia de maldizê-lo, e qualquer a sentimento malévolo contra ele. Que eu não sinta jamais nenhuma alegria pelos males que o possam atingir, nem qualquer aborrecimento pelos benefícios que ele venha a receber, a fim de não manchar minha alma com sentimentos indignos de um cristão. Possa a vossa bondade, Senhor, ao tocar-lhe o coração, induzi-lo a melhores sentimentos para comigo!


- Bons Espíritos, inspirai-me o esquecimento do mal e a lembrança constante do bem! Que nem o ódio, nem o rancor, nem o desejo de lhe retribuir o mal com o mal, penetrem no meu coração, porque o ódio e a vingança são próprios unicamente dos maus Espíritos, encarnados e desencarnados! Que eu esteja, pelo contrário, sempre pronto a lhe estender a mão fraterna, a pagar-lhe o mal com o bem, a ajudá-lo quando possível.


- Desejo, para experimentar a sinceridade das minhas palavras, que se me apresente uma oportunidade de lhe ser útil. Mas, sobretudo, ó meu Deus, preservai-me de fazê-lo por orgulho ou ostentação, abatendo-o com uma generosidade humilhante, o que anularia os méritos da minha atitude. Porque, nesse caso, eu bem mereceria estas palavras do Cristo: Já recebestes a vossa recompensa.

9 de abr de 2010

A dor da ingratidão...


Obrigado. Valeu. Um abraço. Um sorriso. Palavras e gestos tão simples, tão fáceis, tão necessários, que infelizmente estão entrando em extinção. Não que eu conceda favores esperando receber reconhecimento ou algo em troca, mas fazer tudo por uma pessoa sem ganhar nenhum tipo de agradecimento ou consideração machuca. Dói ainda mais se nos retribuem com a ingratidão de uma fofoquinha maldosa ou com um olhar torto quando os papéis se invertem e nós é que precisamos de apoio.

Quantas vezes defendemos um amigo mesmo sabendo que ele está errado? Quantas vezes deixamos de realizar nossas vontades pra ajudá-lo? Passamos tardes de sol inteiras trancados num quarto escuro emprestando o ombro pra que a pessoa desabafe. Vamos pra festas quando o que mais queremos é ficar em casa, embaixo das cobertas. Desmarcamos compromissos pra cuidá-lo quando fica doente. Nada mais justo e normal. Saber que confortamos alguém especial, que seu dia foi mais alegre apenas por nosso suporte, nossa companhia, nos faz um bem enorme.

No entanto, investir numa amizade, ser sincero e fiel desde primeiro momento até o último, pra ser enganado assim que surge uma oportunidade, inevitavelmente, abre um rombo no peito de quem um dia acreditou numa relação verdadeira. Chega uma hora em que ser amigo pelos dois cansa, perde a graça.

Ninguém precisa de falsos amigos ou daqueles que ficam por perto apenas quando as coisas estão indo às mil maravilhas. Queremos pessoas sempre prontas a nos ouvir, nos entender e respeitar nossas particularidades e limitações. Queremos amigos que ofereçam o colo quando estamos sós, que nos puxem as orelhas quando erramos, que se preocupem em nos ver felizes. Amigos em quem podemos contar em qualquer momento e que confiem em nós acima de qualquer coisa. Pessoas incapazes de duvidar da nossa lealdade, do nosso caráter, e, principalmente, que saibam dizer muito obrigado, seja com palavras ou com o coração.

A quem não se encaixa nesse perfil, só nos resta a certeza de que não merece fazer parte de nossas vidas, e também um recado: Tchauzinho, já vai tarde!

Márcia Duarte

Mais um desabafo...


Não gosto de ingratidão, não gosto de falsidade ou hipocrisia. Não gosto de gente metida, nem de gente que atua. Não gosto de gente orgulhosa demais, gente que se acha por seu corpo, por dinheiro... não gosto nem sequer de gente burra. Não gosto de gente que se cala, de pessoas que tem medo de viver, nem daqueles que não prestam atenção nos outros, ou que se acham o centro do mundo. Não gosto de água com gás, de calor, nem de formigas venenosas...Sem palavras, de onde eu tirei isso?... Gosto de gente que sabe rir, de quem sente, e sente verdadeiro. Gosto de gente que sabe aproveitar a vida, e sabe ser atenciosa. Gosto de quem tem o coração maior que a cabeça, mas sabe pensar. Gosto quando sussurram no ouvido, gosto quando surge aquele olhar, gosto quando beijam, quando abraçam, admiro o sentimento de reciprocidade. Gosto de pessoas autênticas, pessoas batalhadoras... Gosto até das pessoas que magoam, mas aquelas que magoam por serem sinceras. Gosto que briguem comigo quando faço besteira... gosto mais ainda daqueles que amam, amam no sentido de amor, aqueles que amam verdadeiro, não dos que ficam em duvida sobre o que sentem, ou dos que amam dois, três ou quatro pessoas diferentes. Gosto de quem ama mesmo. Por que quem ama não tem dúvida...aproveita a vida, é autêntico e sabe rir. Quem ama é atencioso, sabe dar carinho... é verdadeiro, sente de verdade e está sempre de bem com a vida.

Vivendo e aprendendo!

Texto adpatado de Leandro C. S. Barros - O Pensador (créditos dados!)

O dia em que eu fiquei "famosa"...


Hoje eu dei uma entrevista Revista Época...pela primeira vez eu senti a sensação de ser bastante fotografada...
Ainda não sei como vai ficar a entrevista... semana que vem sai a revista...
Agora é só esperar!

A VIDA É CHEIA DE ALTOS E BAIXOS...


A vida é cheia de altos e baixos.
Se pararmos pra pensar, podemos compara-la as fases da lua.

As vezes por mais que tente seguir em frente, você sente que não sai do lugar e só vê a escuridão.

Mas saiba que essa é só uma fase, e o tempo de duração vai depender de você, dos seus pensamentos.

Não deixe que essa escuridão penetre em sua mente, são apenas alguns dias nebulosos, que haverão de passar.

Uma nova fase virá em sua vida...Como nas fazes da lua, depois da minguante vem a nova...timida e quase imperceptível no começo,mas que vai crescendo rapidamente e quando você percebe, lá está ela... LINDA, toda ilumindada pelo reflexo do sol, assim tambem é nossa vida.

Todos nós passamos por tempos difíceis, dias de tristezas e perdas.

O importante é saber que tudo passa, e crer que a lua logo irá clarear pra iluminar o seu caminho!

Sentimentos...


8 de abr de 2010

PROFESSORES DESRESPEITADOS!


Professores desrespeitados
Escrito por Assessoria de Imprensa
Sáb, 03 de Abril de 2010 00:06

Veículo: Jornal do Commercio
Editoria: Editorial
Publicado em: 02/04/10

A educação em Pernambuco continua em baixa, fora das prioridades do governo do Estado. Com o ensino básico de má qualidade que começa na defasagem salarial dos mestres, o futuro dos pernambucanos está comprometido pela insensibilidade oficial, denunciada pelos profissionais do setor, que tiveram pouco a celebrar na passagem dos 20 anos do sindicato da categoria - SINTEPE - na última quinta-feira.
A proposta de reajuste aprovada pela Assembléia Legislativa, como irônico presente de aniversário aos professores, eleva os salários de docentes com níveis médio e superior para R$ 1.025 até maio, e R$ 1.045 e R$ 1.055, respectivamente, a partir de junho. Um aumento módico, para quem ganha atualmente entre R$ 950 e R$ 1.016. O piso salarial defendido nacionalmente é de R$ 1.312, mas segundo o governo federal, é de R$ 1.024. Com o pequeno aumento, Pernambuco é um dos últimos Estados do País a pagar o piso do Ministério da Educação (MEC).
Os professores obviamente não estão satisfeitos. Mas como a lei eleitoral proíbe o aumento de salário de servidores em um período de 180 dias antes do pleito, a deflagração de greve está descartada, por ser tida como inócua. No Dia Nacional de Paralisação pelo Piso Salarial, 16 de março, as atividades na rede pública de educação em todo o País foram suspensas, em protesto pelo não atendimento dos governos municipais e estaduais ao piso de R$ 1.312 defendido pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE).

A luta dos professores em Pernambuco teve um capítulo peculiar. No mesmo dia que aprovou o novo salário dos professores, na semana passada, os deputados estaduais votaram o novo teto do Executivo, que agora ultrapassa a cifra dos R$ 22 mil. Trata-se de um teto nominal, já que o governador possui contracheque de menos da metade deste valor, de R$ 9.600. O número, no entanto, vale como referência para os auditores fiscais, muito respeitados dentro do governo, ao contrário dos professores da rede pública. Como foi ressaltado na coluna Repórter JC, pelo salário, um auditor equivale a 19 professores, no desequilibrado quadro funcional de Pernambuco. Cria-se assim um abismo entre uma classe de funcionários públicos pisoteados, que ganham remuneração abaixo do piso, e outra composta de algumas centenas de servidores de elite, recebendo acima do teto real do Poder Executivo. O privilégio que usa uma remuneração fictícia como base está levando o conselheiro federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Jayme Asfora, a propor uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) sobre a questão.

Enquanto o Estado não se comove, a realidade municipal não é menos desafiadora para os professores. Matéria publicada pelo JC no último dia 21 mostra a variação salarial encontrada em cidades do interior. Municípios que receberam mais dinheiro do Fundo de Manutenção da Educação Básica e de Valorização do Magistério (Fundeb) do que outros, pagaram salários menores aos docentes. Em Cortês, um mestre com nível superior tem salário de menos de R$ 800.

Espera-se há muito tempo que os responsáveis pelo ensino básico e médio sejam valorizados e tratados com dignidade no Brasil. O desrespeito aos professores, que ganham salários baixos e trabalham em condições precárias, na ampla maioria das escolas, é na verdade um desrespeito à educação. E o que é pior, com graves consequências sociais, culturais e econômicas, uma vez que a deficiência no ensino resulta, mais tarde, em jovens sem rumo, despreparados para o mercado de trabalho e, acima de tudo, vulneráveis ao mundo torto das drogas e do crime. A função deste profissional para a sociedade reveste-se de enorme importância, e por isso a campanha salarial por um valor mínimo nacional é não somente justa, como demonstra o grau de desprestígio com que os educadores e a educação são tratados em nosso País. Que Brasil vamos construir para as gerações futuras sem uma educação de qualidade? É sobre questões como essa, tão simples quanto dois mais dois, que os gestores públicos precisam se voltar, na hora de avaliar o peso dos professores nas suas planilhas orçamentárias.

Sem desperdícios...

...


Quando amadurecemos, a palavra ser, é mais importante do que o ter.
A vida nos ensina ao longo dos anos, que só somos o que fizemos de nós e nada do que tivemos nos deu mais do que o que fomos.

5 de abr de 2010

Simplicidade...



Simplicidade é um tesouro infinito, se você não consegue alcançar o que você anseia se contente com o que você tem.



Provérbio Árabe

4 de abr de 2010

Feliz Páscoa III


Feliz Páscoa II

Feliz Páscoa I